Prefeito Eduardo Braide acompanha início da vacinação contra a Covid em São Luís

0
92

Prefeito acompanhou o início da campanha e informou que hoje também começa o atendimento no Centro Municipal de Vacinação

Foi dado, na manhã desta terça-feira (19), o início da vacinação contra a Covid-19 em São Luís. A técnica de enfermagem Domingas Ramos Alves, 49 anos, foi a primeira profissional a ser vacinada durante o ato realizado no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), no Centro.

O prefeito Eduardo Braide acompanhou o início da campanha de vacinação na capital e informou que hoje também começa o atendimento no Centro Municipal de Vacinação, montado no Pavilhão de Eventos do Multicenter Sebrae, no Cohafuma. São Luís recebeu pouco mais de 26 mil doses da vacina.

“Demos início nesta manhã à nossa Campanha de Vacinação contra a Covid-19, trazendo esperança para nossa população de que esta pandemia vai chegar ao fim. Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, vamos vacinar inicialmente os profissionais da saúde que estão na linha de frente da pandemia, que são aqueles que trabalham nas áreas de emergência, urgência, nas UTIs e no atendimento direto aos pacientes com Covid-19. Ao longo dos próximos dias vamos informar os demais públicos dentre os profissionais de saúde que serão vacinados já neste primeiro momento. Lembrando que à medida que novas doses de vacina forem chegando vamos ampliando o público-alvo da vacinação e descentralizando os postos de imunização pela cidade, conforme previsto no nosso Plano Municipal de Vacinação”, explicou o prefeito Eduardo Braide.

Domingas Ramos Alves tem 49 anos e é técnica de enfermagem há 16 anos, no Socorrão I. Moradora do Outeiro da Cruz, tem dois filhos. Ela teve Covid-19 no começo da pandemia. Tem hipertensão e é paciente cardiopata, já tendo feito três cateterismos. “Fiquei muito feliz por ter sido escolhida para representar São Luís e todos os profissionais de saúde nesta campanha de vacinação. Espero que cheguem mais doses e que todos possam se imunizar”, disse.

O primeiro lote de vacinas destinados a São Luís é suficiente para vacinar mais de 13 mil pessoas, contadas as duas doses necessárias para garantir que o cidadão esteja imunizado. Durante o início da vacinação o secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes, destacou que a vacinação não significa o fim das medidas sanitárias preventivas à Covid-19.

“Todas as pessoas que já estão sendo vacinadas, mesmo após tomar a segunda dose, devem continuar usando máscara, mantendo as mãos limpas com água e sabão ou álcool em gel, manter o distanciamento social e todas as demais medidas recomendadas pelas autoridades médicas”, destacou.

Seguindo determinação do Ministério da Saúde, o público-alvo da primeira fase da campanha de imunização serão os profissionais de saúde. Inicialmente, serão vacinados os que trabalham nas áreas de urgência, emergência, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e no atendimento direto aos pacientes com Covid-19. Ao longo dos próximos dias outros grupos de profissionais de saúde também começam a ser vacinados. Estes profissionais serão atendidos no Centro Municipal de Vacinação, no Pavilhão de Eventos do MultiCenter Sebrae, Cohafuma, com funcionamento sempre das 8h às 17h.

Além dos profissionais de saúde, serão vacinados na primeira fase os idosos em instituições de longa permanência. A vacina que começou a ser aplicada na população da capital é a Coronavac, desenvolvida pela parceria Sinovac-Butantan. Todas as pessoas que tomarem a primeira dose deverão tomar a segunda após três semanas para que a vacina possa fazer efeito.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação