Prefeitura instala no Anil décimo Ecoponto para coleta seletiva lixo em São Luís

0
961

A Prefeitura de São Luís deve inaugurar, nos próximos dias, no bairro do Anil, o décimo Ecoponto, em cumprimento à Política Nacional de Resíduos. Segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana de São Luís, Carolina Moraes Estrela, está prevista a construção de mais vinte a serem distribuídos estrategicamente pela cidade com o objetivo principal de acabar com pontos de descarte irregular de resíduos sólidos, os populares lixões.

Os Ecopontos são equipamentos da Prefeitura de São Luís que fortalecem a política de gestão da limpeza urbana. Eles contribuem para o aumento da vida útil dos aterros sanitários e para a diminuição da demanda por recursos naturais, recuperando o meio ambiente, a paisagem urbana, evitando danos à saúde pública e ainda gerando emprego e renda por meio da inclusão social das cooperativas de catadores.

“O Ecoponto Anil será o décimo a ser entregue e com ele nós chegamos à metade da meta estabelecida pelo prefeito Edivaldo, que são 20 Ecopontos e vamos seguir avançando com essa importante política de limpeza urbana”, afirma Carolina Estrela.

Localizado na Rua 2, o Ecoponto Anil vai atender à demanda de descarte irregular do seu entorno e vai aumentar o número de moradores beneficiados com a implantação destes equipamentos.

Atualmente, a Prefeitura tem nove Ecopontos em pleno funcionamento e 300 mil moradores beneficiados diretamente, pois além da área em que está localizado, cada Ecoponto atende também aos bairros em um raio de dois quilômetros do seu entorno. Com nove Ecopontos em funcionamento, a Prefeitura de São Luís já conseguiu abranger 78 bairros e quase 30% da população da capital.

Em São Luís, mais de 10 mil toneladas de resíduos recicláveis ou passíveis de reutilização foram recebidas nos Ecopontos, retornando à cadeia produtiva e diminuindo a demanda por matéria-prima.

“Com isso garantimos que apenas os rejeitos, que são aqueles resíduos que não têm mais condições de serem reciclados ou reaproveitados, sejam encaminhados para o aterro sanitário e evitamos o desperdício de materiais ainda em condições de retornarem à cadeia produtiva e ainda geramos emprego e renda para os catadores”, informa Carolina Estrela.

Ecopontos – Os equipamentos são destinados aos pequenos geradores domésticos de resíduos, ou seja, são um espaço para que a população em geral possa fazer o descarte ambientalmente adequado dos resíduos que, conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos, não devem ser recolhidos pelos caminhões da coleta domiciliar.

Para os Ecopontos, a população deve levar o resíduo que não é recolhido pela coleta regular para o local. Nos Ecopontos, agentes de limpeza orientam a população quanto à forma adequada de separar cada tipo de resíduo e onde fazer o depósito. A entrega precisa ser voluntária, conforme prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos e pode ser feita por meio da contratação de carroceiros. O morador pode ainda ir até o Ecoponto com carro próprio, pois a estrutura é construída para permitir a entrada de veículos para o descarte. Os condutores de veículos de tração animal são grandes usuários destas unidades, pois têm como principal atividade o transporte de resíduos.

Localização dos ecopontos:

  • Parque Amazonas
    Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;
  • Angelim
    Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);
    – Ecoponto Bequimão
  • Bequimão, ao lado do CRAS
  • Habitacional Turu
    Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados
    – Ecoponto Jardim América
  • Jardim América, ao lado da União de Moradores
  • Jardim Renascença
    Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo
  • Residencial Esperança
    Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança
  • Cidade Operária
    Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real
  • São Francisco
    Avenida Ferreira Gullar, próximo à Estação Elevatória da Caema

Materiais são recebidos nos Ecopontos:

  • Eletrônicos: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc – até três unidades
  • Entulhos: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc – até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
  • Madeiras: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
  • Óleo de Cozinha: até 5 litros
  • Pneus: até 4 unidades
  • Podas de árvores e restos de capina: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
  • Recicláveis: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros – 3 sacos grandes)
  • Volumosos: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)
    *Quantidades por pessoa/dia

Materiais os ecopontos não recebem:

  • Lixo doméstico
    Animais mortos
    Resíduos hospitalares
    Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner etc

Horário de funcionamento dos ccopontos:

  • Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação