Presidente da Anatel anuncia fim da TV analógica em São Luís e distribui kits digitais

0
579

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, fez, nesta segunda-feira (26), em São Luís, a entrega simbólica do kit nº 184 mil. Quadros informou que ainda faltam ser entregues 100 mil kits e convocou a população a buscar os equipamentos nos pontos de distribuição.

Os beneficiários dos programas sociais do governo, como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, podem agendar a retirada dos kits nos centros de distribuição da Seja Digital. Na região de digitalização que compreende os municípios próximos a capital maranhense há nove pontos de distribuição gratuita do kit para a TV Digital.

Antonio Martelletto, presidente da Seja Digital, empresa sem fins lucrativos responsável pela distribuição dos kits da TV Digital, os beneficiários podem agendar pelo número 147 para ir buscar o kit gratuito. O serviço funciona 24h.

Caso a pessoa já tenha o kit e já tenha o sinal digital, ela deve fazer doação para quem não tem. Martelletto explicou que, entre 30 e 40 dias após o desligamento, a Seja Digital continua a entregar kits. Ele esclareceu ainda que TVs com recepção por parabólica ou por TV por assinatura não precisam do kit.

Maria Cecília, de 60 anos, uma beneficiária do kit gratuito da TV Digital, disse que uma pessoa vai ajudá-la a instalar o kit. Ela disse que soube da distribuição pela TV aberta. Outra que recebeu o kit foi Selma da Silva, de 42 anos, que  “soube através da TV”. Sanajila Santos, de 25 anos, também ficou sabendo do direito ao kit pelo vizinho. Ela falou que  “a TV é muito importante para a filha assistir aos desenhos”.

Quadros destacou a rápida preparação dos maranhenses para a recepção do sinal digital da TV aberta.  A região que terá o sinal analógico desligado no dia 28 de março já conta com 92% das residências com o sinal digital. A TV digital garante uma melhor qualidade de imagem e de som do que o sistema analógico. O presidente da Anatel disse ainda que a faixa liberada da TV aberta será utilizada pelas empresas de telefonia móvel. Com isso, os usuários podem também ter uma melhor qualidade de telefonia, principalmente para a banda larga.

O presidente da Anatel também visitou o Hospital do Câncer Aldenora Bello, mantido pela Fundação Antonio Dino, que atende crianças e adultos. Foram distribuídos 12 kits (conversor, antena e controle remoto) para a ala infantil, onde 21 crianças recebem atendimento. No total, o hospital tem capacidade de atender 152 pacientes.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação