Presidente da CNI recebe diploma de Cidadão Maranhense na Assembleia Legislativa

0
734

O empresário Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), recebeu nesta quinta-feira (10), na Assembleia Legislativa do Maranhão, o Título de Cidadão Maranhense, honraria concedida por iniciativa do deputado Rogério Cafeteira (DEM). Segundo o deputado, a homenagem foi “pelos relevantes serviços prestados ao Brasil e ao Maranhão”.

Em seu discurso, Robson de Andrade frisou que esta foi mais uma “manifestação de reconhecimento ao empresariado brasileiro, que tenho a honra de representar como presidente da CNI”. Ele disse ter plena consciência da responsabilidade que é ser cidadão de um estado que representa a crença e a confiança no presente e no futuro de um Brasil dinâmico e empreendedor.

“Com o apoio de todos, seguirei adiante na minha missão de trabalhar pela indústria do meu país. O Maranhão conta, a partir de hoje, com um novo cidadão aguerrido e pronto para lutar pelos interesses do estado!”, acrescentou.

Para Edilson Baldez, presidente da Federação das Indústrias (Fiema), entidade que faz parte do Sistema CNI, foi “uma homenagem justa e merecida para quem além de liderar, presta decisiva atenção às ações empreendidas pela CNI para o Sesi, Senai, IEL e as federações estaduais, para que em todo o país, possam ser prestados mais e melhores benefícios e serviços às indústrias, aos industriários e suas famílias e à sociedade brasileira”.

Ainda de acordo com Baldez, “a partir deste momento nos permita chamá-lo de conterrâneo. E como todo bom concidadão, seja sempre bem-vindo a sua nova terra adotada”.

Robson de Andrade no momento em que recebia o diploma outorgado pela Assembleia

Natural da cidade do São João del-Rei, em Minas Gerais. Engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Andrade é fundador e presidente da Orteng Equipamentos e Sistemas Ltda, empresa sediada em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, que produz e exporta produtos e serviços para os segmentos de energia, petróleo, gás, mineração, siderurgia, saneamento, telecomunicações e transportes. Ele tem 69 anos, é casado com Cristiana Parisi de Andrade e pai de 3 filhos, Tatiana, Eugênio e Maria Angélica.

Na terça-feira (08) ele foi reeleito para mais um mandato como presidente da CNI. Ele é o 12º industrial a ocupar o posto da CNI, que completa 80 anos em 2018.

Ao enfatizar a importância do compromisso da CNI e da Fiema com a sociedade maranhense, o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), afirmou que sobram motivos favoráveis para sublinhar a eficiência das entidades no desenvolvimento do Estado. “Essa é a forma que o Legislativo tem de reconhecer o trabalho desenvolvido pelo setor produtivo brasileiro e maranhense”, destacou o deputado.

(Com dados e imagens da Fiema)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação