Presidente da Fiema participa de encontro com Michel Temer

0
511
Presidente Michel Temer durante reunião com Robson Braga de Andrade, presidente da CNI, presidentes de Federações. Brasília (DF) 20.02.2018 - Foto: Miguel Ângelo/CNI

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, participou de um encontro presidentes das entidades filiadas à Confederação Nacional da Indústria (CNI) e outros empresários de vinte estados com o presidente Michel Temer, na última terça-feira (20), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

A comitiva era comandada pelo presidente da CNI, Robson Andrade. Pela avaliação dos empresários, esse encontro, no início do ano, é fundamental para a classe empresarial conhecer a pauta prioritária do Executivo a fim de mobilizar o setor produtivo para apoiar as propostas que contribuem para o desenvolvimento do país.

Os empresários se comprometeram reforçar o apoio à reforma da Previdência, que, mesmo com as discussões suspensas enquanto durar a intervenção no Rio de Janeiro, todos concordam que a questão terá de ser, inevitavelmente, enfrentada pelo governo, se não agora, ou pelo próximo governo.

A questão da segurança pública do país também foi pauta da reunião, que de fato, precisa ser enfrentada. Pois o custo que a violência tem para o setor produtivo e para o consumidor, devido a gastos com segurança, seguros e outras despesas decorrentes deste problema social é elevado.

Presidente Michel Temer durante reunião com Robson Braga de Andrade, presidente da CNI, presidentes de Federações. Brasília (DF) 20.02.2018 – Foto: Miguel Ângelo/CNI

Ao longo da reunião, outros temas foram ressaltados, como: as medidas que contribuam para a simplificação e desburocratização de tributos, a exemplo, a reforma do PIS/Cofins; a aprovação do novo ensino médio como caminho para modernizar a educação brasileira; a importância de políticas de parcerias público-privadas (PPPs) para o Brasil voltar a investir, a necessidade de o Brasil dar um salto em sua taxa de investimento, tendo como caminho aportes para melhorar a deficitária infraestrutura de transportes do país e a derrubada do veto, pelo Congresso Nacional, à participação de micro e pequenas empresas no Refis (programa de recuperação fiscal) do Simples Nacional.

Este último inclusive foi tema de outra agenda do presidente Edilson, da FIEMA, que participou do café da manhã realizado pela Frente Parlamentar Mista da Micro e da Pequena Empresa, coordenada pelo deputado Jorginho Mello (PR/SC).

O café da manhã buscou consolidar o movimento pela derrubada do veto integral 5/2018, relativo ao projeto que estendia aos micro e pequenos empresários, optantes do Simples Nacional, as condições oferecidas aos demais contribuintes no Programa Especial de Regularização Tributária (PERT). A ação contou com a presença de vários parlamentares membros da Frente, representantes do setor industrial, comercial e prefeitos.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação