Presidência e Procuradoria da Mulher da Assembleia emitem nota contra fala de Mical

90
Deputada Mical Damasceno (C), em recente evento ao lado de Iracema Vale (D), na Assembleia de Deus

Deputada diz que teve inspiração divina 

A Presidência e a Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Maranhão emitiram, nesta quinta-feira (18), notas em que se posicionam contrárias à fala da deputada Mical Damasceno, que na sessão de quarta (17) causou uma polêmica de repercussão nacional, ao dizer que a mulher tem que entender que é submissa aos homens. Mical sugeriu ainda uma sessão “só com machos”, no Dia da Família (15 de maio), já que eles são os cabeças das famílias.

A parlamentar frisou também que ao fazer essa sugestão, “teve uma inspiração divina”.

Eis as duas notas, na íntegra: 

 

NOTA – ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) informa que o requerimento 146/2024, aprovado pela Casa e de autoria da deputada estadual Mical Damasceno (PSD), se refere à realização de uma Sessão Solene, que será aberta à participação de todos e todas, alusiva ao Dia da Família, pré-agendada para 15 de maio, no plenário da Casa.

Sobre o pronunciamento da deputada Mical, ocorrido nesta quarta-feira (17), de que o ato tenha apenas a presença de homens, trata-se de uma opinião da parlamentar, respeitada dentro da pluralidade que compõe o Parlamento Estadual, que representa todos os segmentos da sociedade maranhense, em suas diversas forças políticas e linhas ideológicas.

A Assembleia Legislativa do Maranhão manterá sempre a boa convivência política na diferença, conciliando divergências em defesa dos interesses do povo do Maranhão, sendo atualmente presidida, pela primeira vez na história, por uma mulher, e tendo a maior bancada feminina de toda sua longa existência, com uma forte atuação da Casa em defesa das políticas de gênero e contra todas as formas de discriminação.

NOTA – Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa

A Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa vem a público manifestar seu posicionamento contrário ao sentido do pronunciamento da deputada estadual Mical Damasceno (PSD), realizado nesta quarta-feira (17), no Plenário da Casa.

Respeitamos a autonomia e o importante trabalho da deputada Mical Damasceno, mas suas opiniões explanadas no referido pronunciamento divergem totalmente dos princípios desta Procuradoria, que defende a nossa luta incansável pela igualdade de gênero e respeita a todos os laços de afeto, que se colocam como construção familiar.

Lembramos, ainda, que a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão tem avançado no processo de defesa do protagonismo feminino no Maranhão; que, inclusive, pela primeira vez tem uma deputada à frente da Presidência da Casa e que reúne, hoje, sua maior bancada feminina da história do Legislativo Maranhense.

    • DEPUTADA DANIELLA
    • Procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui