Projetos inovadores de alunos de unidades no Maranhão recebem destaque no Mundo Senai

538

ALINE DIAS

Projetos desenvolvidos por alunos dos cursos técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (Senai) receberam destaque durante o Mundo Senai, realizado nos dias 8 e 9 de novembro. Os projetos inovadores foram apresentados em todas as unidades onde foram realizadas as atividades do evento, nos municípios de Rosário, Imperatriz, Açailândia e Bacabal, além das duas unidades da capital, São Luís. Mais de duas mil pessoas, entre comunidade, empresários e estudantes, visitaram as seis unidades.

A coordenadora de Relações com o Mercado da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Nadja Brusaca, explica que a apresentação dos projetos desenvolvidos pelos alunos foi a grande atração do evento e uma oportunidade de uma conversa de jovem para jovem. “Eles desenvolvem projetos e apresentam para mostrar para a sociedade, para as indústrias, resolvendo problemas das indústrias, de que forma eles podem aplicar, na realidade, o que é aprendido em sala de aula”, destaca.

Segundo a coordenadora, o papel do evento é despertar nos jovens o interesse por profissões da indústria, para que o setor cresça e se torne cada vez mais produtivo. “A gente precisa de mão de obra qualificada nas nossas indústrias, sendo que a gente precisa despertar e fazer com que a sociedade conheça um pouquinho mais que profissões são essas, de que forma elas atuam”, enfatiza Nadja.

Um dos projetos apresentados durante o Mundo Senai foi um sistema desenvolvido por cinco alunos do curso técnico em eletrônica. Eles criaram um dispositivo que impede uma motocicleta de funcionar caso o condutor não esteja utilizando capacete.

Francisco Martins tem 23 anos e é um dos integrantes da equipe que criou o dispositivo. É motociclista e conta que ele e os colegas utilizaram a sua moto para desenvolver o projeto. “Nós construímos dois circuitos: um foi instalado na moto e outro no capacete. Esses circuitos possuem uma programação, eles se comunicam. A partir do momento que o motociclista põe o capacete, o capacete envia um sinal para a motocicleta, fazendo ela ligar. Se o motociclista tirar o capacete, passa uns cinco segundos, ela desliga”, explica.

Para Francisco, apresentar o projeto para várias escolas foi uma forma de mostrar para os estudantes que estão terminando o ensino médio, o que pode ser aprendido em um curso técnico, uma importante etapa para chegar ao mercado de trabalho. “Através do curso técnico o estudante pode escolher a carreira que quer seguir. É como se fosse uma ponte. O curso técnico pode funcionar como uma ponte entre o ensino médio e o superior”, afirma.

Mundo Senai – O Mundo Senai é realizado, anualmente, em todos os estados brasileiros. O objetivo do evento é apresentar a indústria como um setor dinâmico, com oportunidades de trabalho interessantes e promissoras. Na programação estão incluídas palestras, demonstrações de projetos e visitas guiadas para que quem passe pelo evento possa conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelo Senai na área tecnológica.

Uma plataforma online exclusiva para orientação profissional também foi apresentada durante o Mundo Senai. A ferramenta, que é gratuita e também recebe o nome de Mundo Senai, funciona como um guia profissional e vai ajudar a identificar cursos de acordo com os perfis de quem acessar. Nela será possível obter informações sobre cursos e vagas de emprego e estágio, além de criar currículos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui