Indústria Psiu anuncia redução gradativa do açúcar em seus produtos

0
1882

Visando a contribuir com o controle do consumo de calorias e prevenir o risco de doenças crônicas, o que é um desafio cada maior para as indústrias de alimentos e bebidas, a Psiu Indústria de Bebidas anunciou que está colocando em prática um plano de redução gradativa dos níveis de açúcar em suas linhas de refrigerantes, sucos e energéticos.

Segundo dados da empresa, ano passado, os produtos tiveram uma redução de 25% na quantidade de açúcar: foram utilizadas 600 toneladas de açúcar a menos em relação a 2016. Isto foi possível devido à substituição do açúcar comum pela sucralose, um adoçante derivado do açúcar.

Um quilo de sucralose equivale a 220 quilos de açúcar. Em uma comparação com o uso doméstico, quatro gotas de sucralose equivalem ao poder adoçante de uma colher de chá de açúcar.

“Estamos realizando estudos para atingirmos entre 30% e 35% de redução de açúcar em 2018. Essa é uma necessidade atual, trabalhamos com menos açúcar e menos produtos artificiais. Com isso, conseguimos aliar a redução de custo com a demanda por produtos mais saudáveis”, explica a química industrial Diana Reis, gerente de produção da Psiu.

Além da linha de produtos com menos açúcar, a PSIU também produz o guaraná Teen Zero Açúcar, refrigerante cor-de-rosa à base de cravo e canela.

Resultado de imagem para produtos psiu
Francisco da Rocha anuncia para breve novos produtos da marca Psiu

Novos produtos – Desde março deste ano, a PSIU também está com dois novos produtos, a Água Premium LUÍ em embalagens de 500ml e o Garrafão de Água Mineral de 20 litros.

Lançada em abril de 2017, em garrafas de 330ml, a água LUÍ chamou a atenção dos consumidores pelo design de suas embalagens e pelo diferencial no sabor – suave, na versão sem gás, e marcante, na versão com gás.

“Estamos lançando as garrafas de 500ml para atendermos, principalmente, à necessidade dos restaurantes”, explica Diana Reis. Os garrafões de 20 litros já saem da fábrica com o selo fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, garantindo o recolhimento de ICMS.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação