Putin ordena a Shoigu implementar cessar-fogo de 36 horas por causa do Natal ortodoxo

17

Suspensão será a partir do meio-dia desta sexta-feira

Vladimir Putin, presidente da Rússia, ordenou na quinta-feira (05) que Sergei Shoigu, ministro da Defesa da Rússia, introduzisse um cessar-fogo ao longo de toda a linha de contato na Ucrânia, das 12h00 (06h00, horário de Brasília) de sexta-feira (06) até às 24h00 (18h00, horário de Brasília) de sábado (07), informou o serviço de imprensa do Kremlin.

“Tendo em conta o apelo de Sua Santidade, o patriarca [cristão ortodoxo russo] Kirill, instruo o ministro da Defesa da Federação da Rússia a introduzir um cessar-fogo ao longo de toda a linha de contato na Ucrânia a partir do meio-dia de 6 de janeiro até as 24h00 do dia 7 de janeiro”, revela a declaração.

O. presidente russo instou igualmente Kiev a anunciar uma trégua para permitir aos fiéis assistir aos serviços religiosos na véspera de Natal, e também no dia de Natal.

O Natal ortodoxo é celebrado todos os anos na véspera de 7 de janeiro, diferente do Natal católico, que acontece na véspera de 25 de dezembro, devido à diferença de calendário entre as duas denominações cristãs.

A Rússia começou em 24 de fevereiro de 2022 uma operação militar especial na Ucrânia, em resposta aos pedidos de ajuda das repúblicas populares de Donetsk e Lugansk, em meio ao que Putin descreveu como sendo um genocídio da população russófona na região de Donbass, e devido às ameaças aos territórios da Rússia, como a Crimeia.

(Agência Brasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui