Itaqui registra queda no movimento de cargas, segundo Antaq

0
602

AQUILES EMIR

A Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq) divulgou nesta terça-feira (04) o seu Anuário Estatístico dos Portos Brasileiros com os números sobre a movimentação de cargas entre janeiro e maio deste ano. De  acordo com o levantamento, os três portos maranhenses – Ponta da Madeira, Itaqui e Consórcio Alumar – movimentaram 75,172 milhões de toneladas, resultado que dá uma diferença de 4,139 milhões de toneladas a mais (5,82%) do que foi movimentado no mesmo período do ano passado, quando tiveram um desempenho de 71,033 milhões de toneladas.

Dos três, apenas o Itaqui, controlado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), teve desempenho negativo na comparação com 2016. Com um movimento de 6,903 milhões de toneladas, o que fez cair uma posição no ranking dos portos organizados, estando agora em sétimo lugar, o seu desempenho foi inferior em mais de 1 milhão de toneladas do registrado em 2016, quando, nos primeiros cinco meses, movimentou 7,982 milhões de toneladas, o que representa uma variação de -13,5%.

O Porto da Ponta da Madeira, administrado pela Vale, movimentou 62,289 milhões de toneladas, ou seja, 4,067 milhões a mais do que nos cinco primeiros meses de 2016, quando obteve um desempenho de 58,221 milhões de toneladas, ou seja, uma variação de 6,98%. Já o Porto do Consórcio Alumar, movimentou 5,979 milhões de toneladas, o que representa 1,091 milhão a mais que no ano passado, quando passaram por ele 4,888 milhões de toneladas, que lhe dá uma variação de 23,84%.

Ponta da Madeira é o que mais movimentou cargas no período de janeiro a março, segundo dados da Antaq

Pelo estudo da Antaq, o Ponta da Madeira é o líder nacional no ranking de todos os portos. Já o Itaqui, que foi ultrapassado por Suape (Pernambuco), é 13º no ranking geral e o sétimo entre os portos organizados, enquanto o da Alumar em 17º lugar no ranking nacional e em 10º entre os Terminais de Uso Privado (TUP).

De acordo com o Anuário da Antaq, de janeiro a maio, os portos brasileiros movimentaram 425,437 milhões de toneladas, sendo que 144,259 milhões passaram pelos portos organizados e 281,178 milhões pelos TUPs.

Veja o desempenho dos portos (em toneladas) na movimentação de cargas, de janeiro a maio, segundo Anuário da Antaq:

Movimentação geral de cargas no Brasil – 425.437.696

Ponta da Madeira

  • 2017 – 62.289.207
  • 2016 – 58.221.848
  • Diferença: 4.067.359

Porto do Itaqui

  • 2017 – 6.903.538
  • 2016 – 7.982.402
  • Diferença: -1.078.864

Porto da Alumar

  • 2017 – 5.979.900
  • 2016 – 4.828.875
  • Diferença: 1.091.025

Soma dos três portos

  • 2017 – 75.172.645
  • 2016 – 71.033.125
  • Diferença: 4.139.520

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação