Rayssa Leal conquista o mundo da moda de luxo e se torna embaxadora da Louis Vitton em Paris

742

A atleta Fadinha é a capa da revista Bazaar

A menos de três semanas para a abertura dos Jogos Olímpicos de Paris, onde é uma das promessas de medalhas para o Brasil, Rayssa Leal foi anunciada como embaixadora da Louis Vuitton, tornando-se assim a primeira brasileira a ocupar o posto no maior grupo de luxo do mundo, provando assim seu impacto e alcance global. Ela é a capa da revista Bazzar de julho.

“Estar em uma capa é algo que jamais poderia imaginar quando comecei a andar de skate”, disse a atleta, que chega para esta sua segundo olimpíada com dezesseis anos, mas ainda lembrada como a Fadinha que despontou para o mundo dos esportes em 2022 no Japão, onde conquista Medalha de Prata em Skate.

Em sua estreia em Bazaar, nossa cover girl usa peças que “teria fácil” em seu guarda-roupa. O styling street minimal, com pontos de cor e tons pastel, faz fit perfeito com a atleta e medalhista de prata nas últimas Olimpíadas, em Tóquio. Aos 16 anos, o talento precoce e a garra de conquistar o mundo atraíram a atenção de ninguém menos que Nicolas Ghesquière, diretor criativo da Louis Vuitton, que puxou a nossa “Fadinha” (apelido dado quando ela viralizou ao andar de skate com uma fantasia, aos 13 anos) para seu seleto rol de embaixadores globais”, escreveu Bárbara Martinez na ediçao da revista em que ela é destacada.

Ainda de acordo com a jornalista, Rayssa tem a vida de uma adolescente comum, ainda morando em sua cidade natal, Imperatriz, no interior do Maranhão, distante 635 quilômetros da capital, São Luís. Além da família, faz parte do seu convívio Slink, um pugzinho que faz falta quando ela está dando seus kickflips por aí.

Sobre suas habilidade de skatista, ela diz: “eu me divirto ao andar de skate, como se eu estivesse em um parquinho de diversões”,  mas admite que está se sentindo “mais nervosa” por entender o peso do páreo. “Mas, não é um bicho de sete cabeças. Sinto esse friozinho na barriga de quatro em quatro anos.”

Para estes momentos de tensão, Rayssa diz que recorre ao seu porto seguro, que é a rede de apoio formada por família e amigos. “Quando estou com eles, em dias de folga, quero aproveitar ao máximo”, diz ela revelando que adora passar o dia inteiro na piscina da chácara em que vai aos finais de semana, além de praticar partidas de futebol e jogar conversa fora.

Quando vai para os treinos, o desafio é manter o medo longe e superar os limites nos heats.

(Com fotos da Louis Vuitton/Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui