Razões para o desempenho negativo dos brasileiros nos últimos torneios mundiais

23

Eliminação em 2022 foi uma das derrotas mais dolorosas

O status na história de todo o futebol mundial permanecerá para sempre com os brasileiros, e é impossível mudar isso. A cada poucos anos eles recebem uma geração com grandes esperanças e perspectivas, mas isso não é suficiente.

O problema e a tragédia é que a última vez que o alto status foi realmente confirmado foi em 2002. Embora não se possa dizer que as próximas gerações de jogadores tenham sido indignas, despreparadas ou não muito estelares, já faz muito tempo que o resultado dos jogos de hoje em jogadores em seus clubes são mais do que dignos, mas isso não se traduz em jogar com parceiros da seleção nacional.

Se você pegar 2006, a equipe foi bastante capaz de defender seu título, já que muitas estrelas do último torneio estavam em ótima forma. Havia também muitos veteranos famosos e apenas jogadores fortes. No entanto, isso não ajudou, e a equipe voou para fora dos futuros finalistas, os franceses.

No torneio africano, houve menos personalidades duras e não é de se estranhar que tenha havido uma saída lógica da Holanda. Exibido em resultados internacionais dos jogos de hoje em 2022 indicam que à versão 2010 da equipe faltou criatividade. É por isso que essa equipe não podia ir longe.

Estatísticas de desempenho a partir de 2014

Tantos fãs esperaram, esperaram, acreditaram no triunfo no torneio em casa em 2014, onde a principal estrela da geração já estava brilhando. Neymar e muitas outras estrelas promissoras. Relativamente sem problemas, embora com alguns nervosismos, a equipe ultrapassou os chilenos e colombianos, mas com a Alemanha nas semifinais foi um fracasso completo. Foi um sucesso em poucos minutos, com os alemães fazendo tudo o que podiam na caixa de penalidades do adversário. Para ver quem marcou e como eles fizeram isso, visite o site esportivo, que publica regularmente jogos de futebol de amanhã, mas há também as estatísticas dos jogos antigos. Depois de muita pressão nos três campeonatos anteriores, 2018 foi relativamente tranquilo, mas o torneio também não foi conduzido da melhor maneira:

  1. Primeiro lugar em um grupo moderadamente forte.
  2. Fácil passagem do México em um oitavo.
  3. Derrota para a Bélgica e eliminação, embora não tenha sido realmente o jogo.

Essa derrota, entretanto, foi um pouco mais fácil do que o fracasso quatro anos antes. O jogo de eliminação contra a Croácia, em 2022, seguiu um padrão semelhante. Essa foi uma das derrotas mais dolorosas para os brasileiros. Semelhante aos jogos de futebol acontecem regularmente, quando uma equipe domina e a outra defende e ainda passa, enquanto já de amanhã a qualidade do jogo é esquecida – tudo o que resta é o resultado. No entanto, a geração brasileira é bastante promissora, e é provável que no próximo grande torneio ela se saia bem.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui