Red Bull Bragantino vence o Rosario Central da Argentina e está na semifinal da Copa Libertadores

0
167

No placar agregado, time paulista somou 5 a 3

Com gol aos 48 minutos do segundo tempo, o Red Bull Bragantino voltou a vencer o Rosario Central (Argentina) na noite desta terça-feira (17), por 1 a 0, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pelo confronto de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. Assim, o time é o primeiro paulista classificado à semifinal da competição.

Como havia vencido o confronto de ida, na Argentina, por 4 a 3, o Red Bull Bragantino entrou em campo podendo perder por até um gol de diferença para se classificar. Por isso, jogou com o regulamento e segurou o empate para comemorar importante classificação.

O adversário do Red Bull Bragantino nas semifinais sairá do confronto entre Santos e Libertad (PAR), que se enfrentam na quinta-feira, às 21h30, no Paraguai. No primeiro jogo, o time brasileiro venceu por 2 a 1 e por isso jogará por um simples empate para se classificar.

Necessitando da vitória, o Rosario Central não se intimidou e adotou postura ofensiva nos primeiros minutos da partida. Logo aos oito, Vecchio carregou bola e tocou para Marco Rúben, que invadiu a área e finalizou cruzado para as redes. Porém, após revisão do VAR, o gol foi anulado por posição irregular do atacante.

Tímido, o Red Bull Bragantino demorou a equilibrar a partida. Tanto que precisou apostar nos contra-ataques para assustar os argentinos. Aos 21, Artur começou a jogada e Ytalo ajeitou para Cuello, que chutou por cima do travessão, na primeira boa oportunidade em campo.

Ainda assim, o Rosario Central controlou o jogo em seu campo de ataque. O time argentino teve mais posse de bola, só que encontrou dificuldades para passar pela marcação do Red Bull Bragantino. Tanto é que abusou das jogadas aéreas, todas sem sucesso e que não resultaram em oportunidades.

Porém, antes do intervalo o Red Bull Bragantino quase abriu o placar. Aos 41 minutos, Cuello cruzou na área e Artur cabeceou na trave.

No segundo tempo, o Red Bull Bragantino seguiu cauteloso, mas também assustou o Rosario Central quando teve oportunidade. Aos 13 minutos, Edimar ganhou da marcação e cruzou na área para Praxedes, que cabeceou em cima do goleiro Broun, que mandou para escanteio.

Só que o Rosario Central precisou sair ainda mais para o ataque, já que precisava da vitória por dois gols de diferença para se classificar. E o primeiro gol quase veio aos 23 minutos, quando Gamba ajeitou para Vecchio e o meia finalizou para boa defesa de Cleiton.

Mas o time paulista se manteve muito bem defensivamente e selou a classificação aos 48 minutos, quando Artur puxou contra-ataque, viu o goleiro Broun adiantado e finalizou por cobertura. Um golaço para carimbar a classificação.

(Com informações da FPF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação