Reitor e vice-reitor da Uema são empossados para novos mandatos que vão até 2022

0
621

O reitor da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Gustavo Pereira da Costa, e o vice-reitor Walter Canales Sant’Ana, reeleitos para o quadriênio 2019 – 2022, foram empossados, quarta-feira (02) à noite, em solenidade realizada no Teatro Arthur Azevedo, em São Luís.

A chapa dos professores Gustavo Costa e Walter Canales foi reeleita no dia 03 de setembro de 2018 com 84% de Índice de Preferência da Comunidade no Candidato (IPCC), envolvendo votos de professores, estudantes e servidores. Na composição da lista tríplice enviada ao poder executivo, a chapa foi nomeada pelo governador Flávio Dino.

“No mandato anterior do Professor Gustavo Costa, nós tivemos uma ampliação de 36% nas vagas de graduação na Universidade Estadual e de 94% na pós-graduação, chegando a 20 programas, entre doutorado e mestrado. Por isso considero que a Uema está em boas mãos, está no bom caminho, porque é isso que a sociedade maranhense deseja”, declarou o governador Flávio Dino, que presidiu a solenidade.

Solenidade de posse do reitor e vice-reitor da Uema, Gustavo Pereira da Costa e Walter Canales Sant’Ana

Em seu discurso, o reitor Gustavo Costa, em uma prestação de contas, lembrou as principais conquistas da Uema nos últimos quatro anos. Entre elas, a criação de 15 novos cursos de graduação, nomeação de 122 novos professores, abertura de novos polos de ensino, ampliação de bolsas científicas, formação de professores para educação básica e indígena e melhorias em infraestrutura.

“Investimos em articulação com o Governo Estadual e, mediante expressa determinação do Governador Flávio Dino, recebemos R$ 40 milhões em melhoria de infraestrutura. Reformamos prédios, auditórios, laboratórios, bibliotecas e melhoramos as condições de acessibilidade e de convivência”, ressaltou o reitor Gustavo Costa.

Segundo Gustavo Costa, a reeleição da reitoria pela comunidade acadêmica foi um julgamento positivo e afirmativo do trabalho realizado pela gestão da Uema nos últimos quatro anos. Para o segundo mandato, o professor acredita que é preciso assegurar as conquistas e exercer a capacidade propositiva da Universidade para solução de problemas e contribuir com o desenvolvimento do Maranhão.

“Nós tivemos muitas conquistas com o apoio do Governo do Estado. Queremos consolidar os programas que iniciamos e, como conjunto pensante, apresentar novas propostas, seja no campo da formação profissional ou na geração do conhecimento. A Universidade deve participar da vida dos cidadãos, do cotidiano da sociedade, apresentando solução para os problemas e novas ideias a serem partilhadas”, acrescentou.

(Com informações e imagens da Secap)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação