Resultado das eleições presidenciais no Equador ainda indefinido

0
512

Os resultados das eleições para a Presidência do Equador, realizadas no domingo (19), ainda estão indefinidos, informou o Conselho Nacional Eleitoral (CNE), já que os dados existentes até agora não permitem determinar se haverá segundo turno entre o candidato governista Lenin Moreno (39,13% dos votos) e o opositor Guillermo Lasso (28,13%). As informações são da agência de notícias argentina Télam.

Os dados atuais mantêm ainda a possibilidade de segundo turno, no dia 2 de abril, mas ainda é necessária uma contagem precisa dos votos suficientes para que o governista alcance o mínimo requerido para vencer na primeira rodada.

Isto porque, no Equador, é possível ser eleito presidente em primeiro turno com o apoio de apenas 40% do eleitorado – desde que haja uma diferença de pelo menos 10 pontos percentuais em relação ao segundo colocado.

“Ninguém, nem nada, vai parar esta revolução; ganhamos estas eleições numa disputa justa”, afirmou Moreno, acompanhado pelo atual presidente, Rafael Correa, e um grupo de seguidores, logo após conhecer os resultados das pesquisas de boca de urna.
Agência Brasil

Compartilhe