Rodoviários convocados para reunião sobre violência após assassinato de motorista

24

Segundo assalto foi próximo ao Rio Anil Shopping 

AQUILES EMIR 

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Marcelo Brito, convocou uma reunião extraordinária para esta terça-feira (23) a fim de debater a questão da segurança dos trabalhadores do transporte coletivo em São Luís. A reunião foi motivada pelo assassinato do motorista Francisco Vale Silva, o Baixinho, da Viação Primor, que foi vítima de atentado a bala durante um assalto ao ônibus que conduzia.

O assassinato deu-se nas proximidades da Estação Rodoviária de São Luís, na Avenida dos Franceses, no bairro de Santo Antônio.

Além deste, um segundo assalto teria ocorrido na Avenida São Luís Rei de França, no Turu, nas proximidades do Rio Anil Shopping.

O presidente do sindicato expediu nota, na qual diz que “a insegurança que assola nossa cidade não pode ser tolerada”.

A nota segue abaixo na íntegra:

É com profundo pesar que o Sindicato dos Rodoviários vem a público manifestar sua consternação diante dos recentes acontecimentos que abalaram nossa categoria e a sociedade como um todo.

Hoje, perdemos um dos nossos, um colega de trabalho dedicado e conhecido carinhosamente como Baixinho, motorista da empresa Maranhense. Francisco Vale Silva foi vítima de uma execução cruel durante um assalto próximo à rodoviária, na avenida dos Franceses. O crime ocorreu dentro de um coletivo, quando, a sangue frio, os assaltantes atravessaram o canteiro central dirigindo na contramão, subtraindo a renda do dia e pertences dos usuários do transporte coletivo.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Brito, juntamente com os diretores sindicais, estiveram no local imediatamente após saber do ocorrido, oferecendo toda assistência necessária. Infelizmente, Francisco veio a óbito, deixando uma lacuna irreparável em nossa comunidade de trabalhadores.

Além desse trágico episódio, registramos com profundo repúdio o segundo assalto a um coletivo nesta mesma noite, próximo ao Shopping Rio Anil, na Avenida São Luís Rei de França. Mais uma vez, toda a renda do ônibus e pertences dos passageiros foram levados.

A insegurança que assola nossa cidade não pode ser tolerada. Diante destes fatos lamentáveis, convocamos uma reunião extraordinária com a diretoria nesta terça-feira (23), para que sejam tomadas as devidas providências. É imprescindível que as autoridades competentes atuem de maneira eficaz para garantir a segurança não apenas dos trabalhadores rodoviários, mas de toda a população que depende do transporte público.

Expressamos nossas mais sinceras condolências à família de Francisco e reafirmamos nosso compromisso em lutar por condições dignas e seguras para todos os rodoviários e usuários do transporte coletivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui