Roseana diz que botará salto alto para enfrentar Flávio Dino

0
754

AQUILES EMIR

Por causa de uma entrevista exclusiva dada ao jornalista Raimundo Borges, de O Imparcial, publicada neste domingo, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) virou alvo das discussões políticos deste fim de semana, já que o jornal está nas bancas desde sábado (25). Na conversa com Borges, Roseana chega a ser ameaçadora ao dizer que “se me provocarem, posso resolver ser candidata ao governo”.

Falando dos seus adversários sempre no plural, a verdade é que a ex-governadora está mandando recados ao governador Flávio Dino (PCdoB), que deve disputar a reeleição. Apesar do tom ameaçador, Roseana não deixa claro se vai ou não concorrer, pois “ainda tem muito, mas estou no aguardo dos acontecimentos”.

As declarações de Roseana confirmam a declaração do seu irmão Sarney Filho (PV), que é ministro do Meio Ambiente, ao site Maranhão Hoje, sexta-feira (24), quando ele disse que ela será a candidata do grupo à sucessão estadual.

Num tom provocativo, Roseana diz que “se continuarem a me provocar, posso entrar sim (na disputa eleitoral). Não tenho medo de concorrer. Boto um salto bem alto e, quem sabe…”

Resultado de imagem para roseana sarney e flavio dino
Roseana e Flávio Dino se enfrentaram e 2010

A ex-governadora diz que tem passado a maior parte do tempo em Brasília (DF), onde tem feito articulações políticas, inclusive com o presidente Michel Temer, que é do seu partido.

Quanto aos seus problemas de saúde, diz que todos estão sarados e que o último problema que teve foi uma pequena pneumonia, mas por causa do tempo (clima).

Roseana disse ainda que há muitas pessoas falando mal do governo atual, mas para ela isto é de menos, pois falavam mal também do seu, o que ela vê como mais grave é que “eles estão com medo de disputar comigo. Com medo de mim”, numa referência indireta ao governador Flávio Dino.

Roseana garante que sua posição definitiva sobre se será ou não candidata sairá ainda no segundo semestre deste ano. Seus aliados apostam que se ela disser sim as manifestações de apoio começarão a pipocar em todas as regiões do estado.

(Com dados do blog Conversa Franca – www.aquilesemir.com.br)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação