Roseana Sarney adia para o mês de março visitas ao interior do estado

0
1555

AQUILES EMIR

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) transferiu para o início de março a peregrinação que fará por cidades do interior do Maranhão a fim de retomar contatos com lideranças políticas já com vistas a preparar sua candidatura ao Governo do Estado.

A princípio, a primeira visita seria nesta segunda-feira (19) em Imperatriz, mas houve um realinhamento das datas e ficou acertado que as visitas começam na primeira quinzena do próximo mês, devendo ela percorrer diversas cidades numa única viagem. Na próxima semana deverão ser anunciados os lugares onde ela fará reuniões e as datas de cada uma delas.

Nessas visitas, além de contatos com lideranças políticas – prefeitos, vereadores, presidentes de partidos etc – Roseana pretende manter contatos com líderes comunitários e a população, não estando definido que tipo de agenda ela cumprirá em cada município, já que há impedimentos pela legislação eleitoral de atos que possam se caracterizar propaganda antecipada, ou seja, quem detém mandato para pode cumprir agenda de campanha disfarçada de compromissos de trabalho, porém a outros essas atividades são vedadas.

O anúncio dessa agenda é uma clara demonstração de que, ao contrário do que especulam seus adversários, a ex-governadora está mesmo decidida a disputar a sucessão de Flávio Dino. A última vez que ela se pronunciou sobre o tema foi numa festa de pré-carnaval, na qual garantiu estar preparadíssima para o embate deste ano.

Pesquisa – Um assessor da ex-governadora garante que a pesquisa divulgada nesta quinta-feira (15) pelo Instituto DataIlha, em que ela aparece com cerca da metade das intenções de voto dadas ao governador, que vai disputar a reeleição, não causou nenhum impacto nos seus planos, até porque ela teria números mais confiáveis, obtidos por pesquisas internas, que mostram uma realidade bem diferente do que está pretendendo o eleitor nesta eleição.

Ainda de acordo com este assessor, Roseana está tranquila quanto às chances de vitória e que é a maior ameaça aos planos de Flávio Dino continuar no governo, tanto que, mesmo recolhida, em silêncio, é a liderança política mais mencionada por jornais, rádios, blogs e sites, alguns tentando colocá-la numa defensiva, mas a verdade, conforme entendimento desse assessor, é que os aliados sabem que as chances delas retornar ao governo são grandes, por isto criam fatos negativos sobre ela.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação