Sagrima e Agerp intensificam distribuição de sementes a pequenos agricultores do Maranhão

19

Sexta-feira distribuição será na cidade de Santa Inês

A Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária (Sagrima), em parceria com a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), prossegue, esta semana, com a entrega de sementes da safra 2022/2023 a agricultores familiares e pequenos produtores maranhenses. Nesta segunda-feira (21), a distribuição foi para agricultores da Grande Ilha.

A ação prosseguiu na terça-feira (22), em Codó e Caxias e nesta quarta (23), houve entregas em Itapecuru-Mirim e Chapadinha e na sexta-feira (25) será a vez de Santa Inês.

O Projeto Mais Sementes e Mudas visa a fortalecer a agricultura familiar e os pequenos produtores, aumentando a área plantada dos trabalhadores rurais beneficiados. Na entrega em São Luís, foi realizada uma palestra com orientações sobre o plantio e a colheita dos grãos, e a potencialidade de cada um.

Antes das chuvas – O secretário de Estado de Agricultura e Pecuária, José Antônio Heluy, afirmou que o Governo do Estado, por meio da distribuição de sementes, busca influenciar positivamente nos indicadores do Maranhão e na renda dos agricultores.

“As sementes têm alto teor genético, germinativo e nutricional. O governador Carlos Brandão nos orientou para a importância delas serem entregues aos agricultores antes das chuvas, a fim de terem uma melhor produtividade, e é isto que estamos fazendo. Apostamos que essa será uma safra significativa”, acrescentou o secretário.

A presidente da Agerp, Loroana Santana, destacou a importância da ação de governo para a agricultura familiar maranhense. “São sementes boas, chegando em boa hora, para que a gente possa potencializar cada vez mais a produção da nossa agricultura familiar”, ressaltou.

A agricultora Elisângela Castro se mostrou feliz com a iniciativa. “Esta ação do Governo é louvável. Nós estamos muito satisfeitos em cultivar sementes de qualidade e diferenciadas. Agora é plantar, produzir e esperar uma boa colheita”, afirmou.

Milho BRS 4104 – Rayane Sena, engenheira agrônoma da Agerp, ministrou palestra na qual enfatizou que o milho BRS 4104 foi uma das variedades entregues aos agricultores. Segundo ela, esse tipo possui maiores concentrações de carotenoides precursores da vitamina A nos grãos – entre 2,5 e 3,2 vezes maiores do que os valores encontrados no milho comum.

“Os carotenoides são substâncias presentes nos alimentos que se transformam em vitamina A no corpo humano, a partir de reações químicas. A concentração média nessa variedade mais nutritiva é maior. Vale lembrar que a vitamina A desempenha papéis importantes na saúde humana, principalmente no sistema imunológico”, ressaltou Rayane Sena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui