Sampaio não suporta pressão do Internacional e cai de quatro em jogo válido pela Copa do Brasil

0
686

O Internacional bateu o Sampaio Corrêa-MA com facilidade pelo placar de 4 a 1, nesta quarta-feira (08), no Estádio Castelão, em São Luís, em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. O primeiro tempo terminou em apenas 1 a 0 para a equipe gaúcha, que nn fase final ampliou o placar até se transformar numa goleada, o que deixa o time maranhense numa situação complicada para o jogo da volta, na próxima quarta-feira (15), em Porto Alegre (RS).

O Internacional mostrou que queria jogo desde os primeiros minutos, quando Nico López arriscou chute cruzado e mandou a bola por cima do gol do Sampaio Corrêa. O primeiro gol saiu aos 34 minutos do primeiro tempo, após cobrança de falta de D’Alessandro. No rebote, Paulão abriu o placar.

Na melhor chance do Sampaio, Artur cobrou falta e obrigou o goleiro Danilo Fernandes a fazer boa defesa. Sem perder o ritmo, o Colorado voltou do intervalo e marcou aos quatro minutos, com Nico López, que recebeu passe de D’Ale, driblou o goleiro e não desperdiçou: 2 a 0. Aos 11, Daniel Barros cobrou falta com precisão e descontou para o time maranhense.

Depois, Brenner ainda marcou mais dois gols para o Inter e fechou o placar: 4 a 1. Os times definem a vaga para a Quarta Fase no confronto de volta, marcado para a próxima quarta-feira (15), no Beira-Rio.

Além do Internacional, a noite teve mais um visitante ingrato. No Elcyr Resende, em Saquarema (RJ), o Sport bateu o Boavista por 3 a 0. Apesar do time alviverde ter assustado nos primeiros minutos de jogo, foi o Leão quem dominou as ações. Depois de bola na trave, André cabeceou forte após cruzamento de Everton Felipe e abriu o placar, aos 18 minutos.

Aos 19, Diego Souza ampliou de pênalti. No segundo tempo, Samuel Xavier passou para André, que pegou na área e não desperdiçou: 3 a 0. Com o bom resultado, o Sport recebe o Boavista na próxima quarta, na Ilha do Retiro, pelo confronto de volta da Terceira Fase.

No José Gomes da Costa, em Murici (AL), o Cruzeiro também ficou com a vitória diante do mandante Murici-AL. Com a boa postura do Verdão em casa, a Raposa teve um pouco de dificuldade no início do jogo e só conseguiu abrir o placar aos 27 minutos do segundo tempo. Thiago Neves cobrou falta na cabeça do zagueiro Manoel, que não desperdiçou. Aos 43, foi a vez Ábila, que recebeu belo passe de Rafinha e ficou cara a cara com o goleiro do Murici: 2 a 0. O jogo de volta entre as equipes também será na próxima quarta, no Mineirão.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação