Sampaio assume liderança no Grupo A da Série C e o Moto amanhece na zona de rebaixamento

0
637

O Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro tem um novo líder, o Sampaio Corrêa, que neste sábado (19) venceu o Fortaleza por 2 a 0, em São Luís, e assumiu o topo da chave com 28 pontos, enquanto a equipe cearense, com 23, permanece na terceira posição. Os resultados deste sábado não foram bons para o Moto, que amanheceu na lanterna, depois que o Confiança venceu o então líder CSA e saiu da zona de rebaixamento empurrando para a degola o time maranhense.

O Sampaio abriu o placar no Castelão aos 32 minutos do primeiro tempo. O goleiro do Fortaleza, Marcelo Boeck, defendeu uma cabeçada de Isac, mas, no rebote, Fernando Sobral (foto) concluiu para o gol. Aos três minutos do segundo tempo, Esquerdinha arriscou chute cruzado, Boeck espalmou para frente, e Hiltinho ampliou para o tricolor maranhense. O Sampaio seguiu pressionando ao longo do jogo, enquanto o Fortaleza não conseguiu esboçar poder de reação.

No outro jogo do Grupo A, o Confiança de Sergipe conquistou uma importante vitória, ao quebrar uma sequência de 11 jogos sem derrota do líder CSA de Alagoas e voltou a vencer após 12 rodadas. Os gols do triunfo por 2 a 0 foram marcados no primeiro tempo da partida no Lourival Baptista, em Aracaju.

Aos 21 minutos, Álvaro foi derrubado na área, e Tito cobrou pênalti no canto direito do goleiro Mota: 1 a 0. Aos 33, Álvaro ficou cara a cara com o goleiro do Azulão e chutou cruzado para marcar o segundo. Com 16 pontos, o Confiança subiu para o oitavo lugar e pode deixar o Z-2 se o Moto Club-MA não vencer na rodada. Com 27 pontos, o CSA pode perder a liderança para o Sampaio Corrêa, que tem 25 e entra em campo às 20h deste sábado, contra o Fortaleza, em São Luís.

Jogadores do Confiança comemoram vitória e saída do rebaixamento

Grupo B – No Moacyrzão, o Macaé voltou a vencer após seis rodadas. Em um primeiro tempo sem muitas chances para os dois lados, o time da casa abriu o placar diante do Botafogo-SP aos 45 minutos. Após Maradona ser derrubado na área, Rogerinho cobrou pênalti e colocou o Alvianil Praiano na frente. Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Vitinho cobrou falta na cabeça de Gladstone, que empatou para o Pantera. Aos 19, Valdir cobrou falta com perfeição e colocou o Macaé na frente de novo. Depois, aos 34, Maradona aproveitou falha da defesa da equipe paulista e ficou cara a cara com o goleiro Neneca para fazer o terceiro da equipe carioca. Aos 41, o Botafogo ainda descontou com Wesley, que bateu de primeira após receber passe de Samuel: 3 a 2. Com a vitória, o Macaé chegou a 15 pontos, mas segue em nono lugar do Grupo B. O Botafogo-SP, com 21, permanece em quarto, mas pode deixar o G-4 até o complemento da rodada.

No Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Tupi-MG venceu o Mogi Mirim por 1 a 0 e segue na cola do líder São Bento – agora os dois estão empatados com 26 pontos, mas o time paulista ocupa o topo por ter mais gols de saldo. O gol do Galo foi marcado aos 47 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta de Bruno Santos, a bola bateu no peito de Júnior Souza e sobrou para Marcel, que chutou sem chances para o goleiro adversário. Com a derrota, o Mogi segue na lanterna do Grupo B, com dez pontos.

Bragantino e Tombense de Minas Gerais também empataram em 1 a 1 no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Os gols da partida saíram em sequência, logo no início do primeiro tempo. Aos quatro minutos, em jogada bem trabalhada, Éverton apareceu livre na área e abriu o placar para o time mineiro. Aos seis, Fabiano cobrou lateral pelo lado esquerdo, e Jobinho ajeitou para Rafael Chorão deixar tudo igual para o Massa Bruta. Com 16 pontos, o Bragantino é o oitavo colocado do Grupo B, enquanto o Tombense, com 19, está na sétima posição.

(Com dados da CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação