Sampaio perde novamente com um gol de pênalti e assume a lanterna da Série B do Brasileirão

0
60

Novamente por um a zero, novamente com gol de pênalti, mas desta vez em casa. Pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasleiro, o Sampaio foi derrotada na noite destra terça-feira (11), no Estádio Castelão, em São Luís, pelo Juventude do Rio Grande do Sul e com o resultado, o representante maranhense na competição assumkiu o último lugar na tabela de classificação.

Além de Sampaio X Juventude, sete outros jogos abriram a segunda rodada da Série B na noite desta terça-feira (11). Botafogo de São Paulo, Juventude, Cruzeiro, Paraná e Cuiabá saíram de campo com a vitória e em outros três confrontos manteve a igualde no placar.

No jogo do Castelão, as equipes fizeram início de duelo movimentado no Castelão. Jogando em casa, o Sampaio teve as melhores chances. Jackson, Gustavo Ramos, Daniel Penha e Eloir assustaram. Enquanto o Juventude respondeu com João Paulo e Bochecha.

Se o 0 a 0 permaneceu durante os primeiros 45 minutos, no começo do segundo tempo a história mudou. Aos seis, Helder foi derrubado dentro da área. Com a bola na marca da cal, João Paulo fez a batida de manual: bola para um lado, goleiro para o outro e mais uma vitória garantida para o Papo na Série B. 

Confira os outros resultados desta terça-feira:

Botafogo-SP 2 x 0 Confiança – Logo aos seis, Ronald recebeu bom passe de Tanque e bateu cruzado para o fundo da meta. Aos 22 do segundo tempo, o atacante do Pantera aproveitou um vacilo da defesa sergipana, saiu em velocidade e mandou de cobertura para fazer 2 a 0 e dar número finais ao confronto. 

Brasil X Ponte Prete – O primeiro tempo foi de pouca emoção. Aos 13 minutos, Bruno Rodrigues, de pênalti, colocou a Ponte Preta em vantagem. Buscando o empate, o Brasil melhorou no jogo. Gabriel Poveda e Luiz Henrique criaram boas chances, mas carimbaram a trave. Até que, aos 38, Rodrigo Ferreira colocou a bola na área, Lázaro foi no segundo andar e fez o cabeceio certeiro para deixar tudo igual. 

Guarani 2 x 3 Cruzeiro – Waguininho, logo aos dois minutos, acertou o ângulo da meta cruzeirense para colocar o time da casa na frente. Aos cinco, Régis aproveitou cruzamento rasteiro dentro da área e de primeira deixou tudo igual e Marcelo Moreno, de pênalti, virou para o Cruzeiro, aos 29. No segundo tempo, na marca dos 27, Didi igualou o marcador mais uma vez. A alegria passou rápido. Dois minutos depois, Léo selou a vitória da equipe mineira: 3 a 2. 

Paraná 1 x 0 Avaí – Paraná e Avaí fizeram um primeiro tempo morno em Curitiba. Aos 23 do segundo tempo, Jean colocou a bola na área e, após bate-rebate, Victor Sallinas mandou contra o próprio gol. 

Náutico 0 x 0 Operário-PR – O placar não mexeu durante nos Aflitos, em Recife (PE).

América-MG 0 x 1 Cuiabá – O único gol da partida siu quando Felipe Marques deixou de calcanhar para Romário. O camisa 6 cruzou na área e a bola sobrou limpa para Rafael Gava soltar uma bomba e abrir a contagem no Independência, em Belo Horizonte (MG).

Figueirense 0 x 0 Vitória – A partida demorou a engrenar no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), mas a bola não balançou as redes.

(Com informações da CBF e foto do Twitter oficial do Juventude)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação