Santa Cruz e Goiás voltam a vencer na Série B e tranquilizam as suas torcidas

0
544

Três jogos deram continuidade, nesta sexta-feira (07), à 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Dentro de casa, Santa Cruz e Goiás reencontraram o caminho das vitórias, subiram sete posições e renovaram os ânimos na briga por uma vaga no G-4. Em São Lourenço da Mata, o Tricolor pernambucano bateu o Brasil de Pelotas por 3 a 0 e terminou com o jejum de quatro partidas.

Em Goiânia, o Esmeraldino deu fim à sequência negativa de duas derrotas e venceu o Luverdense por 3 a 1. No outro duelo da noite, o Paraná empatou em 1 a 1 com o América/MG, em Curitiba, e alcançou os mesmo 17 pontos de Santa Cruz e Goiás. Com 20 pontos, o Coelho segue na terceira posição e pode ser ultrapassado pelo Vila Nova, que tem 19 e entra em campo neste sábado (8).

De olho nos líderes Guarani e Juventude, o América saiu na frente do Paraná no Durival de Britto. Aos 43 minutos do primeiro tempo, Renan Oliveira abriu o placar, de cabeça. Em busca da vitória para dormir no G-4, o Paraná voltou ligado do intervalo e chegou ao gol de empate aos sete minutos com Gabriel Dias. Com a iguadade, o Coelho ampliou a série invicta para cinco partidas.

Na estreia do técnico Givanildo Oliveira, o Santa Cruz acabou com o jejum de quatro jogos e voltou a vencer na Série B. Na Arena Pernambuco, o Tricolor abriu 2 a 0 no primeiro tempo. Aos 29 minutos, Derley acertou um belo chute de fora da área e marcou um golaço, 1 a 0 . Aos 42, em contra-golpe mortal, João Paulo ampliou a vantagem. No segundo tempo, os donos da casa sacramentaram a vitória com Ricardo Bueno aos 26 minutos. O atacante acertou o ângulo do goleiro Martini e deu números finais ao jogo, 3 a 0.

No Estádio Olímpico Pedro Ludovico, o Goiás também levou a melhor dentro de casa. O primeiro gol do Esmeraldino foi marcado aos 30 minutos de partida. Após cruzamento de Tiago Luis, Alex Alves apareceu livre para cabecear para o fundo das redes, 1 a 0. Apesar da vantagem, o Goiás voltou com tudo do intervalo e ampliou a vantagem com gols de Michael, aos seis minutos, e Tiago Luis, aos 16. O Luverdense ainda descontou com Eduardo aos 43, mas já era tarde. Fim de jogo: 3 a 1.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação