Santa Cruz é superior ao Sampaio Corrêa e vence jogo no Arrudão por 1 X 0

0
585

O Santa Cruz reencontrou o caminho das vitórias na tarde deste sábado, no Estádio do Arruda, foi superior ao Sampaio Corrêa durante todo o jogo e acabou vencendo por 1×0, com gol de Renatinho. Esta foi a reestreia do técnico Marcelo Martelotte diante da torcida coral.

Depois de seis rodadas sem vencer, o Santa voltou a somar três pontos na Série B. O resultado coloca a equipe na 15ª posição da Série B do Campeonato Brasileiro.

O time pernambucano criou duas grandes chances com menos de 10 minutos de jogo. Aos quatro minutos, Danny Morais cabeceou bola que veio do escanteio e o goleiro Rodrigo salvou o gol coral. Logo depois, aos nove, Anderson Aquino recebeu grande passe de João Paulo e ficou na frente da barra. A finalização saiu, mas o arqueiro do Sampaio novamente evitou que a rede fosse balançada.

A partir destes lances, o time maranhense conseguiu controlar um pouco mais o ímpeto da equipe coral. A partida ficou relativamente equilibrada, mas ainda era o Santa Cruz que chegava com mais perigo. Depois dos 10 minutos da etapa inicial, as duas equipes não tiveram chances tão importantes para que o placar fosse alterado, portanto o final do primeiro tempo marcava 0x0 para Santa Cruz e Sampaio Corrêa.

No começo da etapa final, o tricolor pernambucano pressionou a equipe maranhense e voltou a criar boas chances. Por um detalhe ou outro, especialmente no último terço do campo, o time coral não conseguiu abrir o placar.Na parte defensiva, Marcelo Martelotte foi muito inteligente e posicionou Bruninho, volante de velocidade, como um lateral-esquerdo. A ideia era limitar as ações do perigoso Pimentinha – na prática, funcionou perfeitamente.

Aos 17 minutos, o Santa Cruz organizou um bom contra-ataque, passando pelos pés de Bileu e Aquino. A zaga do Sampaio afastou parcialmente, mas a bola sobrou limpa, na frente do gol, para Renatinho. 1×0 Tricolor.  Depois de abrir o placar, o Santa viu o adversário se expor mais em busca do empate. O que abriu espaço para outros contra-ataques corais. O Tricolor armou boas jogadas, mas acabou não conseguindo marcar o segundo.

Compartilhe