Santos é derrotado pelo Barcelona do Equador na estreia na Copa Liberadores

0
63

Grupo C tem ainda Boca Juniors e The Strongest 

O Santos estreou na Copa Liberadores da América na noite desta terça-feira (20), mas o primeiro jogo não foi o esperado. Sob forte chuva, o clube brasileiro recebeu o Barcelona, do Equador, na Vila Belmiro, em Santos (SP), e foi derrotado por 2 a 0.

Com o resultado, o Barcelona lidera o Grupo C com três pontos. Os outros dois integrantes são The Strongest, da Bolívia, e Boca Juniors, da Argentina, que se enfrentam na quarta-feira (21), às 19h.

Com o campo encharcado, a saída encontrada pelos dois times no primeiro tempo foi os chutes de fora da área. O Barcelona assustou em chute rasteiro de Damián Díaz, enquanto o Santos chegou bem em chutes de Marinho e Marcos Leonardo.

Aos 37, o Barcelona quase abriu o placar. O goleiro João Paulo saiu do gol para receber uma recuada, mas a bola parou na poça. Damián Díaz ficou com ela, chutou rasteiro, mas a bola foi perdendo força por conta da água e João Paulo recuperou.

Na volta do intervalo, o time visitante continuou melhor e chegou ao gol logo aos sete minutos. Após passe errado do Santos, Emmanuel Martínez fez boa jogada e tocou para Garcés, livre de marcação, abrir o placar.

O Santos tentou responder, mas sem sucesso. Quem continuou a assustar foi o Barcelona, com Emmanuel Martínez acertando o travessão. Aos 23, os equatorianos ampliaram após Pará mandar contra a própria meta. O jogador tentou cortar, mas para o fundo do gol. O Santos tentou buscar o resultado, mas não conseguiu furar o forte sistema defensivo adversário, que recuou completamente para segurar o resultado.

Pela Libertadores, o Santos volta a campo na próxima terça-feira (27), às 19h, diante do Boca Juniors, em Buenos Aires. Antes disso, porém, estão programados jogos contra Novorizontino e Corinthians, pelo Paulistão Sicredi.

(Da DPF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação