Santos e Palmeiras fazem os seus primeiros jogos em casa pela Copa Libertadores

0
306

Com portões fechados, o Santos recebe o Delfín (Equador), na Vila Belmiro, em Santa (SP), na noite desta terça-feira (10), às 19h30, pela segunda rodada da Libertadores 2020. Já às 21h30, no Allianz Parque, em confronto que define a liderança do Grupo B, o Palmeiras recebe o Guaraní do Paraguai e m caso de vitória atingirá a marca de cem vitórias na competição continental.

Em virtude da punição imposta pela Conmebol, após a eliminação da competição continental para o Independiente (Argentina), em 2018, o Santos faz a sua estreia em casa sem a presença do seu torcedor. No primeiro jogo, o time paulista venceu o Defensa e Justiça, na Argentina, e aparece na liderança isolada do Grupo G.

Líder em seu grupo também no Paulistão Sicredi, o Santo chega embalado por duas vitórias seguidas. O time deve entrar em campo com Everson, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonathan; Jobson, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Eduardo Sasha; Yuri Alberto e Soteldo.

Já a equipe equatoriana não conta com um bom retrospecto em 2020. Ao todo, foram seis jogos disputados, com três derrotas, dois empates, inclusive a estreia contra o Olímpia, e apenas uma vitória. Esta é a terceira participação da equipe na Libertadores, e nunca passou da fase de grupos.

Uma possível escalação do Delfín conta com: Alain Baroja; Agustín Ale, Jonathan González, Luis Canga, Geovanny Nazareno; Juan Diego Rojas, David Noboa, Richard Calderón, Martín Alaníz; Jhon Cifuentes; Carlos.

Palmeiras busca liderança do seu grupo (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Palmeiras – Após estrear com vitória sob o Tigre, por 2 a 0, na Argentina, o Palmeiras estreia no torneio diante do seu  torcedor para disputar a liderança do Grupo B. Sem perder há seis jogos, o time de Luxemburgo pode cravar a 100ª vitória palestrina em jogos válidos pela Libertadores, sendo a segunda equipe brasileira que mais venceu no torneio, atrás apenas do Grêmio, que soma 102 vitórias.

Para buscar o triunfo diante dos paraguaios, o Palmeiras deve ir a campo com Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Felipe Melo, Gustavo Gomez e Matias Viña; Bruno Henrique, Ramires e Lucas Lima (Dudu); Willian, Dudu (Rony) e Luiz Adriano.

Na atual edição, o Guaraní já eliminou o Corinthians na Pré-Libertadores. Em sua estreia na fase de grupos, os paraguaios venceram o Bolívar e chega com a possibilidade de se isolar na liderança, em caso de vitória.

Caso repita a escalação da estreia, os 11 iniciais devem ser formados por Servio; Iván Ramírez, Jhohan Romaña, Javier Báez, Guillermo Benítez; Jorge Morel, Angel Benítez, Edgar Benítez, Rodney Redes; Raúl Bobadilla e Nicolás Maná.

(FPF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação