Santos volta do Equador com mais três pontos na Copa Libertadores ao vencer Delfino

0
61

Peixe soma dez pontos e ocupa a liderança isolada do Grupo G

Mesmo com um jogador a mais desde o primeiro tempo, o Santos não teve facilidade, mas bateu o Delfin por 2 a 1, em Manta, no Equador, pela quarta rodada do Grupo G da Libertadores. Com o resultado, o time brasileiro deu passo importante na disputa pela classificação e chegou a dez pontos na liderança isolada da chave.

Os argentinos do Defensa y Justicia ocupam a segunda colocação com seis pontos, seguidos pelo Olimpia, do Paraguai, com cinco, e o Delfin com apenas um.

O Santos começou bem e abriu o placar aos 17 minutos através dos dois jogadores mais perigosos do setor ofensivo. Soteldo fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Marinho completar de cabeça para as redes.

Ainda antes do intervalo, o zagueiro Carlos Rodríguez, do Delfin, cometeu duas faltas para cartão amarelo seguidas e foi expulso pelo árbitro peruano Kevin Ortega.

Mesmo com um jogador a mais o time brasileiro não fez valer a superioridade numérica na segunda etapa e mostrou dificuldades para construir jogadas de perigo.

O Delfin se aproveitou e, aos 29 minutos, empatou a partida em um contra-ataque pela esquerda. Janner Corozo arrancou, cortou o zagueiro Alex e rolou para Rojas completar para o gol.

No entanto, a resposta santista não demorou. Aos 36 minutos, Raniel cruzou da direita e Jean Mota, que tinha acabado de entrar, deu seu primeiro toque na bola finalizando para as redes e garantindo a vitória.

Os dois times voltam a campo na próxima quinta-feira, pela quinta rodada do Grupo G da Libertadores. O Santos encara o Olímpia, no Paraguai, enquanto o Delfin recebe o Defensa y Justicia. Antes disso, no domingo, o Santos encara o Fortaleza, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

(Da FPF com foto da Conmebol)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação