Santuário de Aparecida repudia ato político pró Lula em seu templo

0
3968

AQUILES EMIR

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em nota distribuída nesta quinta-feira (03), repudiou o uso do seu templo, na cidade Aparecida do Norte (SP), para uma manifestação do Partido dos Trabalhadores (PT) contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcada para o próximo dia 20. A convocação a petistas e outros simpatizantes de Lula vem sendo feita pelo Twitter pela senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT.

“O Santuário é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção. Da mesma forma, também é uma casa que se coloca contra toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”, diz o comunicado da Igreja Católica.

Ainda de acordo com o Santuário, “nossa bandeira é o Brasil, nossa representante é Aparecida, nossa padroeira. Vamos rezar pelo Brasil. Nós temos essa obrigação!”.

No seu comunicado, a presidente do PT informa que “dia 20, é a vez da Romaria à Aparecida do Norte. Por e pela paz democrática no Brasil. Ajude-nos a divulgar e participe desta iniciativa. Organize sua Caravana! Vamos expressar nossa fé e pedir pela liberdade de , Presidente dos pobres. “.

A convocação da presidente petista causou revolta também em muitos católicos, que, pelas redes sociais, dizem que o PT está querendo usar um lugar sagrado para fazer manifestação política, já que a intenção é ocupar todo seu espaço com faixas, bandeiras, carros de som etc para defender Lula e hostilizar seus adversários e as instituições da República, como vem sendo em outros atos contra a decisão judicial.

Eis a nota do Santuário de Aparecida:

“O Santuário é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção. Da mesma forma, também é uma casa que se coloca contra toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”.

“Com base nos valores éticos e cristãos, o Santuário Nacional entende que o momento atual é propício de reflexão e protagonismo do cidadão ao que tange às escolhas eleitorais. Por isso, sob qualquer qualquer hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos, refutando toda e qualquer iniciativa que queira utilizar-se do Altar da Eucaristia para fins de promoção individual ou partidária”.

“Nossa bandeira é o Brasil, nossa representante é Aparecida, nossa padroeira. Vamos rezar pelo Brasil. Nós temos essa obrigação!”.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação