São Domingos realiza campanha nesta quarta a sábado para orientar sobre riscos da Sepse

0
714

O Hospital São Domingos  realiza, desta quarta-feira (13) a sábado (17), uma campanha para alertar a população sobre os riscos, meios de prevenção e sobre como identificar os sintomas da Sepse, que pode começar com uma simples infecção na garganta, urinária ou outros tipos, mal que tem alto risco de mortalidade e já é a principal causa de mortes no mundo. A ação faz da programa do Dia Mundial de Combate à Sepse, comemorado dia 13 de setembro.

A Sepse é um conjunto de manifestações graves do organismo provocadas por uma infecção que, se não diagnosticada logo e tratada, pode levar a pessoa à morte em até 12 horas do surgimento dos sintomas.

De acordo com a enfermeira coordenadora da UTI do Hospital São Domingos, Widlani Sousa Montenegro, grande parte da população desconhece a doença, o que é muito preocupante. “A Sepse é uma resposta desorganizada do organismo a uma infecção, que começa a agredir seus próprios tecidos e órgãos e pode levar à morte. Por isso, precisamos informar a população sobre o que é essa condição e conscientizá-la sobre a necessidade de saber identificar os sinais e de procurar imediatamente o socorro médico”, explica.

Os principais sintomas são sonolência,  frequência cardíaca alterada e pressão baixa. E para que as informações sobre como prevenir cheguem ao maior número de pessoa, o HSD realizará as ações de sensibilização em vários pontos de São Luís.

O lançamento da campanha, nesta quarta, será no Shopping da Ilha, com atividades das 19h às 21h, na Praça de Alimentação, onde haverá palestras sobre a Sepse e o protocolo adotado pelo São Domingos para combater o problema e ainda, apresentação da peça teatral Pão com Ovo sobre a temática.

Na quinta-feira (14), serão realizadas panfletagem, a partir das 8h,  na Rua Grande e Terminal Rodoviário de São Luís, e das 10h às 20h, sensibilização no Shopping Passeio e Pátio Norte Shopping.

Sexta-feira (15), as ações serão voltadas para o meio acadêmico, com conferências para estudantes de Enfermagem, Medicina e outros cursos da área médica de faculdades para debater com eles os avanços no combate à Sepse.

No sábado (16), a partir das 16h, a mobilização ocorrerá na Reserva do Itapiracó e a programação constará de palestras, prestação de serviços (aferição de pressão arterial, teste de glicemia, aula de zumba e caminhada).

PROGRAMAÇÃO

  • Quarta-feira (13)
  • 19h – Lançamento da Semana de Combate à Sepse, no Shopping da Ilha
  • Haverá palestras, distribuição de folders e apresentação da peça Pão com Ovo sobre a temática Sepse
  • Quinta-feira (14)
  • 8h Mobilização da população com panfletagem na Rodoviária e Rua Grande
  • 10h às 20h – Mobilização nos shoppings Pátio Norte e Passeio com tendas e distribuição de panfletos informativos
  • Sexta-feira (15)
  • 9h – Palestras com médicos para estudantes da área da saúde na Universidade Ceuma, com panfletagem na universidade
  • 10 – Palestras com médicos para estudantes da área da saúde na Faculdade Cest
  • Sábado (16)
  • 16h – Sepse Party – mobilização da população com palestras, show musical e prestação de serviços (teste de glicemia e aferição de pressão) na Reserva do Itapiracó
Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação