São Paulo busca se firmar na liderança isolada e Santos a aproximação do G4 no clássico deste domingo

0
143

Clássico San-São promete fortes emoções a partir das 16 horas no Estádio do Morumbi 

A torcida do Santo vive dias de muita ansiedade e nervosismo, pois, o clube está disputando uma semifinal de Conmebol Libertadores, coisa que não acontecia desde 2012, e no meio desse embate decisivo contra o Boca Juniors, o Peixe terá pela frente o São Paulo neste domingo (10), às 16h, no Morumbi, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020. Pelo lado tricolor, pressão é por um resultado para se manter na liderança com boa vantagem depois do tropeço de quarta-feira (06), quando foi goleado por 4 a 2 pelo RB Bragantino.

O lateral-direito santista Madson acredita que o qlvinegro está passando pela semana mais importante dos últimos 10 anos. “Não tenha dúvida, creio que quarta-feira será o jogo da década para o clube. Tirando a final de 2011, em que o Santos FC disputou e conquistou o título, essa semana com certeza é a mais importante da década”, diz ele.

O clássico difícil deste domingo e a semifinal da Libertadores em seguida são motivos de grandes expectativas. “A equipe está bem focada e motivada para atuar bem no domingo e na quarta seguir em busca da classificação”, afirmou o camisa 13

Apesar da importância da partida contra o Boca na próxima quarta (13), às 19h15, na Vila Belmiro, Madson acredita que o Peixe terá a oportunidade de mostrar a força do elenco no clássico diante do São Paulo.

O técnico Cuca comandou na manhã deste sábado (9), no CT Rei Pelé, o último treino antes do embate com o Tricolor Paulista. Na sequência, a equipe viaja para a concentração em São Paulo.

Tricolor  – Pelo lado tricolor, com 56 pontos em 28 jogos, o São Paulo, que está na ponta da tabela e é seguido por Internacional (50), Atlético-MG (49) e Flamengo (49), busca se firmar como favorito ao título.

O time de Fernando Diniz defenderá um bom retrospecto diante dos rivais na temporada: venceu Corinthians, Santos (ambos por 2 x 1) e Palmeiras (2 x 0, no Allianz Parque). Em sete clássicos desde janeiro de 2020, foram três vitórias, três empates e somente uma derrota.

A boa fase do sistema ofensivo também reforça o líder do Brasileirão nesta tarde contra os santistas. Com 100 gols na temporada, o São Paulo não alcançava esta marca desde 2015. A média atual é de 1,8 gol por jogo, enquanto naquela ocasião a equipe fez 109 gols em 65 jogos (média de 1,55).

(Com informações do Santos e do São Paulo)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação