São Paulo e Vasco da Gama fazem a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior

0
452

São Paulo e Vasco são os finalistas da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O tricolor ganhou do Guarani por 5 a 2 na Fonte Luminosa, em Araraquara, enquanto o Corinthians foi eliminados nos pênaltis pelo Vasco, na Areana Burueri. A decisão, como de costume, será nesta sexta-feira (25), data do aniversário da cidade de São Paulo, no Estádio do Pacaembu.

O São Paulo não tomou conhecimento do adversário e construiu a goleada com Antony (duas vezes), Fabinho, Paulinho e Vitinho. Lucas Prado e Davó descontaram para a equipe de Campinas, que se despede do torneio com apenas uma derrota. A vitória leva o São Paulo à 11ª final da competição, com três títulos conquistados, o último em 2010.

A vantagem do São Paulo começou a ser construída logo aos três minutos, em boa bola enfiada para Antony, que saiu na frente do goleiro e tocou para o fundo do gol. No segundo tempo, logo aos sete minutos, Fabinho tabelou com Rodrigo Nestor e fez o segundo e aos 21 minutos, Antony arriscou da entrada da área e marcou o terceiro.

O Guarani descontou com Lucas Prado, aos 30 minutos, mas voltou a ser vazado sete minutos depois com Paulinho, após cruzamento rasteiro de Vitinho. Nos minutos finais, Davó ainda marcou o segundo do Guarani e Vitinho fechou o placar anotando o quinto do São Paulo.

NA FINAL

Vasco – O Corinthians foi eliminado após um empate de 2 a 2 e acabou perdendo nos pênaltis para o Vasco da Gama, que começou melhor o jogo e abriu o placar aos nove minutos. Tiago Reis aproveitou a cobrança de escanteio para completar para o gol. O time carioca ainda ampliou aos 17.  Após cruzamento de Lucas Santos, Miranda fez o segundo na Arena Barueri.

O Corinthians não se entregou e saiu em busca do seu gol. A primeira boa chance foi em bicicleta de Janderson, que a bola tirou tinta da trave de Alexander. Na sequência, o mesmo Janderson deixou Nathan de frente para o gol. Ele furou e acabou desperdiçando a melhor chance da equipe paulista até então.

O camisa 18 corintiano, porém, acabou dando a volta por cima antes mesmo do intervalo. Aos 45 minutos, em mais um bate e rebate dentro da área vascaína, Nathan encheu o pé para diminuir o marcador.

O Corinthians voltou para o segundo tempo levando um susto logo de cara. Jordan derrubou João Pedro dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Lucas Santos foi para a cobrança, mas chutou por cima do gol.

O lance deu um novo ânimo para o Corinthians, que respondeu aos nove minutos. Em cruzamento de Rafael Bilu, Nathan, mergulhou e acertou um peixinho para deixar tudo igual.

Após o gol, o jogo ficou equilibrado. Na melhor chance de desempatar antes do fim do tempo regulamentar, o vascaíno Caio Lopes mandou na trave um chute de fora da área.

Nos pênaltis, Oya abriu a série, mas Rafinha e João Celeri perderam na sequência. Lucas Santos e Miranda viraram, e Ulisses desperdiçou a do Vasco. Caetano e Mantuan deram uma sobrevida ao Corinthians, mas Laranjeira carimbou a classificação da equipe carioca.

(FPF)
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação