São Paulo, Goiás e Paraná vencem e têm vantagem nas partidas de volta na Copa do Brasil

0
549

Na noite desta quinta-feira (13), Goiás e Cruzeiro largaram na frente pela vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro jogo da Quarta Fase, o Esmeraldino venceu o Fluminense, de virada, por 2 a 1, no Serra Dourada, enquanto a Raposa derrotou o São Paulo por 2 a 0, no Morumbi. Os times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (19).

Fora de casa, em Goiânia, o Fluminense dominou os minutos iniciais da partida contra o Goiás e abriu o placar aos nove minutos. Em boa jogada em diagonal, Wellington Silva encontrou Marcos Júnior na área do time goiano, e         o atacante fuzilou cruzado de canhota: 1 a 0. Mesmo com um jogador a menos – o goleiro Diego Cavalieri foi expulso aos 40 da etapa inicial –, a equipe carioca segurou a pressão do Esmeraldino até os 38 do segundo tempo, quando Jean Carlos soltou uma bomba e deixou tudo igual no Serra Dourada. Aos 42, Léo Gamalho cobrou pênalti e decretou a virada do Esmeraldino: 2 a 1.

No Morumbi, São Paulo e Cruzeiro fizeram uma partida equilibrada no primeiro tempo, sem muito sucesso nas finalizações. Aos 16 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta de Thiago Neves, Lucas Pratto acabou cabeceando contra a própria meta e colocou a Raposa na frente do placar. Aos 24, após cruzamento de Thiago Neves, Hudson marcou o segundo do time mineiro, de cabeça: 2 a 0. O Tricolor Paulista não conseguiu reverter a situação, enquanto os mineiros ainda chegaram perto de ampliar o marcador.

Os confrontos de volta entre esses times estão marcados para a próxima quarta-feira (19), às 21h45. No Maracanã, o Fluminense recebe o Goiás, enquanto Cruzeiro e São Paulo duelam no Mineirão.

Avançaram – O Paraná conquistou uma bela vantagem nesta Quarta Fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (13), fora de casa, o Tricolor paranaense fez 2 a 0 no Vitória e poderá perder por até um gol de diferença para avançar na competição mais democrática do país. Airton e Guilherme Biteco foram os artilheiros da noite no Barradão, em Salvador (BA).

Jogando em casa, o Vitória jogou de forma ofensiva e buscou o ataque por praticamente todo o jogo. O Paraná deixou claro a sua postura e, como se diz no universo do futebol, jogou por uma bola. Nas duas melhores oportunidades que teve no jogo, o Tricolor soube aproveitar. No fim do primeiro tempo, aos 48 minutos, Renatinho cobrou escanteio na área do Vitória, Airton chegou batendo e mandou para o fundo da rede.

Na etapa final, quando o cronômetro do árbitro alcançava a marca dos 43, o Tricolor da Vila subiu em contra-ataque rápido e matou a partida. Diego Tavares recebeu na entrada da área rubro-negra, deixou Euller na saudade com um drible curto e bateu cruzado. Guilherme Biteco apareceu livre no segundo pau e só teve o trabalho de completar o gol.

Agora, Paraná e Vitória fazem a volta da partida na próxima quarta-feira (19), às 19h30 (de Brasília), no Durival Britto, em Curitiba (PR).

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação