São Paulo perde mais uma e derrota para Ponte Preta bota pressão no tricolor

0
350

A Ponte Preta amenizou a situação desconfortável em que se encontrava no Paulistão e com gol de Hugo Cabral venceu o São Paulo por 1 a 0, em jogo válido pela sexta rodada do estadual, carimbando a segunda vitória na temporada. O resultado deixa o time na terceira colocação do Grupo A, com oito pontos, três a menos que o vice-líder Red Bull.

Já o São Paulo, que no meio da semana foi derrotado pelo Tallares da Argentina, pela Copa Libertadores, chega à terceira derrota na competição estadual, mas segue provisoriamente na liderança do Grupo D, com nove pontos, sob o risco de ser ultrapassado pelo Ituano.

Com a demissão de Mazola Júnior, a Ponte foi comandada por José Carlos Sanches. Contratado para ser o novo técnico, Jorginho estava no camarote da diretoria, ao lado do ex-meia Felipe, novo gerente de futebol pontepretano.

No embalo da torcida, a Ponte Preta começou bem a partida e imprimiu um ritmo intenso. Assim, deu trabalho para os são-paulinos em alguns momentos, mas pecou bastante na hora do último passe ou nas finalizações, irritando um pouco os torcedores, que iam das vaias aos aplausos em segundos.

O gol saiu aos 32 do segundo tempo. Com apenas quatro minutos em campo, Hugo aproveitou desvio de Renan Fonseca após cobrança de escanteio e mandou para o gol vazio para decretar a vitória pontepretana.

A Ponte Preta volta a campo já na terça-feira, quando visita a Aparecidense pela primeira fase da Copa do Brasil, às 19h15, no Anibal de Toledo. Pelo Paulistão, o próximo compromisso será no dia 16, em duelo contra o Novorizontino.

O São Paulo foca agora na disputa da Sul-Americana, competição na qual enfrenta o Talleres, às 21h30 desta quarta-feira, no Morumbi, em duelo decisivo. Depois, tem um clássico contra o Corinthians no dia 17.

(FPF

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação