Sede do São Paulo interditada após alagamento e time vai mandar seus jogos no Pacaembu

0
666

A diretoria do São Paulo Futebol Clube decidiu interditar a sede social do time, no bairro do Morumbi, na zona oeste paulistana, por 30 dias. Segundo nota divulgada na tarde desta segunda-feira, este é o tempo necessário para fazer os reparos e higienização depois de o local ter alagado durante a tempestade ocorrida na noite do último sábado (02).

A prioridade, de acordo com o comunicado, é a reconstrução do muro da Rua Jules Rimet, que cedeu parcialmente com a força da água. Já foi possível, no entanto, avançar na limpeza das áreas comuns do clube e remover grande parte do lixo que se acumulou. Vídeos e fotos postados na internet mostram as piscinas e a área verde tomadas pela lama.

O estádio também sofreu danos, com a água invadindo corredores e vestiários. Nesta segunda, foram retirados os armários e o forro do local que serão limpos e higienizados nos próximos dias. Devido aos problemas, a partida do São Paulo contra o Ferroviária, que acontece no próximo sábado (10) pelo Campeonato Paulista, foi transferida para o Estádio do Pacaembu.

“O clube pede a compreensão e o apoio dos associados neste momento difícil, e informa que trabalhará intensamente para readequar as dependências do complexo social às devidas condições”, diz a nota publicada no site do clube.

A forte chuva que atingiu toda a capital paulista colocando toda a cidade em estado de atenção das 17h42 às 20h55. Segundo informações Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), houve 16 pontos de alagamento intransitáveis. No momento não há mais locais alagados.

(Agência Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação