Seduc e Fundação Vale realizam ações em Santa Rita, por meio do Projeto Rotas e Redes Literárias

276

Três escolas foram beneficiadas com entregas de bibliotecas

Ações realizadas para o fortalecimento da educação em municípios do Maranhão por onde passa a Estrada da Ferro Carajás têm feito a diferença na vida de muitos estudantes da rede estadual. O Projeto Rotas e Redes Literária, promovido pela Fundação Vale, por meio do Cidade Escola Aprendiz, e que tem o apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), é um bom exemplo.

Na última sexta-feira (29 de abril), três escolas do município de Santa Rita foram beneficiadas com entregas de bibliotecas salas de leitura, ampliando o acesso ao conhecimento.

Foram beneficiados os Centros de Ensino João Batista de Carvalho, com a entrega da Sala de Leitura Maria Pedro, com 537 livros; o Monsenhor Dourado, Sala de Leitura Maria de Jesus Rodrigues Muniz, que recebeu 462 livros; e o CE Professora Juanete Licar, Sala de Leitura Maria Raimunda Melo, que adquiriu 340 livros. Além de acervo diversificado, as escolas receberam mobílias novas.

Ana Neri, da coordenação do Projeto Rotas e Redes Literárias na Seduc que, na ocasião, representou a secretária de Estado de Educação, Leuzinete Pereira; ao lado da secretária adjunta, Nádya Dutra, destacou a importância dos equipamentos educacionais, para beneficiar a população Santa Rita. A coordenadora ressaltou a participação dos estudantes na escolha do mobiliário e acervo.

Cláudia Lopes, analista de Responsabilidade Social da Fundação Vale, acredita que o investimento em educação possibilita avanços significativos na vida dos estudantes, e destacou que os investimentos em políticas educacionais auxiliam na formação integral das pessoas.

“A Fundação Vale acredita que investir em políticas da educação é investir na formação integral das pessoas, é promover oportunidades para o acesso a uma vida digna. Sobre o projeto, optou-se em fazer ampliação de acervo literário, formação de professores, gestores, coordenadores, alunos e ainda mobiliar as salas de leitura existentes. É com muito prazer e muita honra que fazemos as entregas dessas três salas, na cidade de Santa Rita”, ressaltou.

A ex-estudante do CE Professora Juanete Licar, Valéria Gonçalves, 19 anos, participou das atividades do Projeto Rotas e Redes Literárias expressou alegria ao ver a biblioteca. “Agradeço a todos que possibilitaram esse ambiente de leitura para a comunidade escolar desse lugar. Esse espaço ajudará na busca por conhecimentos e incentivará os estudantes a não desistir da escola. Sou muito grata”, afirmou.

Além de Santa Rita, o projeto Rotas e Redes Literárias também envolve outros municípios do Maranhão, como Arari, Bacabeira e São Luís. O objetivo do projeto é promover o acesso ao livro literário, por meio de encontros de formação com profissionais de educação, remodelagem de salas de leitura e ampliação do acervo de livros em escolas públicas, promovendo uma rede leitora nos municípios.

A estudante Rebeca Anceles, 15 anos, do CE Monsenhor Dourado, ressaltou a importância do espaço educacional para ajudar na formação dos estudantes. “Eu sou apaixonada pela leitura e essa sala é de suma importância para mim, tanto que me prontifiquei para ser monitora desse espaço. É algo que deve ser muito bem cuidado, aproveitado e tem um grande significado para a escola e com certeza será bem aproveitado pela comunidade escolar”.

O projeto é dividido entre Rotas Maranhão e Rotas São Luís. O Rotas Maranhão contempla 11 escolas da rede estadual de ensino, que estão localizadas nos municípios próximos da linha férrea da Vale: São Luís, Santa Rita Bacabeira e Arari. O Rotas São Luís, que se encontra na fase de formações, atende 18 escolas, todas do município de São Luís, localizadas na área Itaqui Bacanga e nas áreas rurais do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui