Seleção feminina supera Holanda por 3 sets a 0 e se aproxima das quartas de final do Campeonato Mundial

141

Brasil volta à quadra neste sábado contra a Bélgica

A seleção feminina conseguiu a sétima vitória no Campeonato Mundial de Vôlei e se aproximou de uma vaga nas quartas de final. Nesta sexta-feira (07), o Brasil venceu a Holanda por 3 sets a 0 (25/19, 25/19 e 25/20), em Roterdã, na Holanda. O bloqueio brasileiro foi mais uma vez o destaque da partida, com 17 pontos do fundamento.

A ponteira Gabi brilhou, fez 19 pontos e foi a maior pontuadora do confronto. A central Carol, com 15, sendo nove de bloqueio, e a ponteira Pri Daroit, com 11, também se destacaram.

A equipe do treinador José Roberto Guimarães volta à quadra às 12h (horário de Brasília) deste sábado (08.10) contra a Bélgica no encerramento da segunda fase.

Gabi, ponteira e capitã, marcou 19 pontos (18 de ataque e um de saque) no confronto: “Foi uma vitória importante. Apesar do placar de 3 sets a 0, foi um jogo difícil. A Holanda nos pressionou o tempo todo no saque. Fiquei feliz pela nossa lucidez nos momentos de pressão e dificuldade. Nosso saque funcionou muito bem e ajudou o nosso bloqueio. Fizemos 17 pontos de bloqueio na partida e isso é um número muito bom. Conseguimos neutralizar as jogadoras de extremidade da Holanda. Agora, temos uma partida difícil contra a Bélgica que conta com a Herbots (ponteira) que tem feito a diferença na competição. Vamos com tudo para esse jogo para buscarmos a nossa classificação”.

Carol, central, fez 15 pontos (seis de ataque e nove de bloqueio) na partida: “O time todo estava muito atento e focado nesse jogo contra a Holanda. O nosso bom saque ajudou o trabalho do bloqueio. Quando amortecemos no bloqueio e conseguimos transformar isso em contra-ataques, nosso jogo acaba fluindo ainda mais. A equipe está de parabéns pela partida”.

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil: “O importante hoje foi a mobilização do nosso sistema defensivo. Subimos muitas bolas na defesa. Também fizemos 17 pontos de bloqueio. Só a Carol fez nove nesse fundamento, o que é muito significativo. Os contra-ataques estão saindo, mas em alguns momentos do jogo levamos quatro pontos seguidos e isso não pode acontecer nas próximas partidas. Agora vamos jogar com a Bélgica que vem fazendo uma boa competição desde o início. A Herbots está voando, tem recebido muitas bolas e correspondido. Vamos precisar de muita concentração para vencer e garantir a nossa classificação”.

A seleção feminina está no grupo E da segunda fase do Mundial ao lado de China, Japão, Argentina, Itália, Bélgica, Holanda e Porto Rico. As quatro equipes de melhor campanha no grupo, contando os resultados da primeira fase, avançam para as quartas de final. A equipe do treinador José Roberto Guimarães aparece em segundo lugar, com 20 pontos (sete vitórias e uma derrota). A Itália lidera, com 22 pontos. O Japão está em terceiro, com 18, e a China em quarto, com 17.

O Brasil disputa o Mundial feminino com as levantadoras Macris e Roberta, as opostas Kisy e Lorenne, as ponteiras Gabi, Rosamaria, Pri Daroit e Tainara, as centrais Carol, Carol Gattaz, Julia Kudiess e Lorena, as líberos Nyeme e Natinha.

CAMPEONATO MUNDIAL

1ª FASE

Grupo D – Arnhem, na Holanda

24.09 (SÁBADO) – Brasil 3 x 1 República Tcheca (25/20, 25/16, 22/25 e 25/18)
26.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Argentina (25/19, 25/13 e 25/21)
28.09 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Colômbia (25/14, 25/12 e 25/20)
30.09 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 1 x 3 Japão (22/25, 19/25, 25/17 e 20/25)
01.10 (SÁBADO) – Brasil 3 x 1 China (23/25, 25/17, 25/22 e 25/22)

Grupo E – Roterdã, na Holanda

04.10 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 Itália (25/20, 22/25, 22/25, 25/21 e 17/15)
06.10 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Porto Rico (25/11, 25/13 e 25/15)
07.10 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Holanda (25/19, 25/19 e 25/20)
08.10 (SÁBADO) – Brasil x Bélgica, às 12h (horário de Brasília)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui