Sem água do Italuís, governo manda suspender aulas nas escolas públicas nesta segunda-feira

0
1638
Escola Almirante Tamandaré, na Cohab, em São Luís, em reforma geral. Foto: Divulgação

Devido à falta de água, cujo fornecimento foi suspenso quarta-feira (06) e que deveria ser restabelecido neste sábado (09), com a entrada em operação da nova adutora do Sistema Italuís, as escolas da rede pública (estadual e municipal) não terão aula nesta segunda-feira (11).

A pedido do governador Flávio Dino (PCdoB), o bombeamento da água do rio Itapecuru para São Luís, que deveria começar no sábado, foi antecipado para sexta-feira (08), mas a tubulação rompeu. Neste domingo (10), a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) disse que a previsão é que as operações na adutora comece segunda-feira. Eis a nota:

“Após consultar as empresas Edeconsil Construções e Locações,  PB Construções,  EIT Construções e Memps, a CAEMA informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira”.

Sobre a suspensão das aulas, a Secretaria de Educação publicou no site oficial do Governo do Estado a nota abaixo:

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que, em virtude dos serviços que estão sendo realizados pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) para o restabelecimento completo do Sistema Italuís, as atividades nas 61 escolas da rede pública estadual localizadas em bairros abastecidos pelo referido Sistema serão suspensas nesta segunda-feira (11). Esclarece ainda que até o final desta segunda fará novo comunicado à gestão das escolas com o posicionamento quanto ao retorno das aulas e compensação dos dias letivos, sem prejuízo ao currículo e término do ano letivo 2017.

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação