Senai diploma 138 estudantes que vão para o mercado de trabalho

0
493

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (Senai) diplomou 138 alunos em seis cursos técnicos realizados na capital: Soldagem, Eletromecânica, Edificações, Segurança no Trabalho; Redes de Computadores, e Eletrônica. Com essa diplomação, o órgão, vinculado ao Sistema Federação das Indústrias (Fiema), disponibiliza para empresas profissionais altamente preparados para as funções que escolheram.

“Durante décadas, o Senai prepara mão de obra para as nossas fábricas e sempre esteve presente nos momentos históricos da chegada de grandes projetos ao nosso estado. Por isso é que os diplomados desta noite são importantes diferenciais, e se tornam aptos às necessidades da nova realidade das empresas industriais maranhenses”, afirmou o conselheiro Celso Gonçalo.

Dentre os formandos estava Antônio Carlos dos Santos (foto abaixo), 53 anos, aluno do Curso Técnico em Segurança no Trabalho, natural do Piauí, mas que mora em São Luís há 33 anos.

“Passei muitos anos mudando de turno, era muito difícil estudar, mas mudei para perto da escola e aí as coisas começaram a dar certo pra mim. Muita gente desistiu no meio do caminho, mas eu fui até o fim. O Senai deixa realmente as pessoas preparadas para o mercado de trabalho. Agora, com esse diploma, eu vou partir pra cima”.

Parcerias – A secretária adjunta de Desenvolvimento Sustentável da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento de São Luís, Cáritas Ribeiro, elogiou o trabalho do Senai pela capacitação dos jovens na capital.

“Sabemos que existe um percentual muito grande de jovens que nem trabalham nem estudam em nosso estado, e esses aqui não fazem parte dessa estatística, esses jovens estudam e com certeza encontrarão lugar no mercado de trabalho. Estou muito feliz em estar aqui, aproveitando essa oportunidade também para estreitar relacionamentos da Prefeitura com o Senai”.

Meg Fernandes, coordenadora pedagógica de Projetos da Semed, afirmou que o direcionamento que os estudantes tiveram na área técnica vai ajudar muito e, caso eles queiram continuar os estudos, chegarão à universidade mais preparados. “A gente observa no rostinho deles a felicidade de estar se formando e a família, ali, torcendo. Às vezes é o primeiro da família que consegue o diploma. É muito satisfatório presenciar isso, fico muito maravilhada”.

A formanda Suzane Silva de Carvalho, de 19 anos, comemorou a formatura e o emprego que o curso proporcionou a ela em uma indústria do ramo da construção civil na capital. “Hoje começa uma nova etapa na minha vida, estou muito grata por estar me formando hoje, estou muito feliz porque vou exercer minha função, graças à oportunidade que tive de estudar no Senai.”

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação