Sérgio Frota diz que ainda acredita numa ascensão do Sampaio para a Série A do Brasileirão

0
289

Para presidente, permanência na Série B não seria péssimo negócio para quem tinha como preocupação voltar à Série C

AQUILES EMIR

Em  entrevista concedida ao programa Mirante Esporte, da Rádio Mirante AM, nesta terça-feira (12), o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, disse que ainda acredita numa ascensão do time para a Série A do Campeonato Brasileiro. Com 45 pontos, ocupando a 11ª posição na tabela de classificação, o Sampaio, caso vença os cinco jogos que ainda lhe restam poderia chegar a 60 pontos.

Para que se tenha ideia do que isto representa, seria uma pontuação maior do que a do terceiro colocado, Cuiabá (55) e do quarto, CSA (52). O primeiro colocado, América de Minas, tem 66 pontos, e o vice-líder, Chapecoense, 63. O grande problema, é que um dos próximos adversário será com o Cuiabá, isto é, seria um confronto direto.

Apesar do otimismo do presidente Sergio Frota, a torcida está inconformada com o desempenho da equipe, que era vice-líder e caiu para a 11ª posição, e assim como pode retornar ao grupo de elite, corre o risco, ainda que remotamente, de cair novamente para a zona de rebaixamento, se continuar com a sequência de derrotas, e Figueirense, que tem 36 pontos, e Paraná (33 pontos) continuarem pontuando, pois sairiam da degola e o ultrapassariam.

Na entrevista, Sérgio Frota lamentou as acusações, que considera levianas, dos que suspeitam de ter “vendido” o baixo rendimento do Sampaio nas últimas rodadas a fim de favorecer o Cruzeiro de Minas Gerais, que busca seu retorno à Série A. O time mineiro é o 12º, com 44 pontos, e seu caminho para uma provável subida à divisão de elite é muito tortuoso.

Apesar de tentar passar uma mensagem de otimismo a seus torcedores, Sérgio Frota deu a entender que a permanência do Sampaio na segunda divisão não seria um péssimo negócio, até porque entrou na competição tendo como objetivo principal não retornar à Série C.

Ele disse que, além de uma possível permanência na Série B, o time vai disputar ainda este ano, o Campeonato Maranhense, a Copa do Brasil e Copa do Nordeste, o que lhe obriga a desde já ir planejando o reforço do elenco e buscar patrocínio para custear suas despesas.

(Com imagem de Lucas Almeida/Sampaio)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação