Sesi adere à campanha Tolerância Começa em Casa, que foi lançada pela OAB-MA

0
194
Lançamento da campanha em que advogados buscam diminuir preconceitos

Objetivo é combater a todos os tipos de preconceito

O Serviço Social da Indústria (Sesi) aderiu à campanha “Tolerância começa em casa”, lançada pela Comissão da Liberdade Religiosa da OAB Maranhão. A campanha busca fomentar o respeito às diferenças e o combate a todos os tipos de preconceito, em todos os lares do estado, através do estímulo ao debate, à informação e ao aprendizado para a população maranhense.

“Precisamos estimular um diálogo respeitoso na sociedade. A campanha atuará em combate a todo e qualquer tipo de intolerância, seja ela racial, contra a mulher, idosos, crianças e adolescentes”, afirmou Alda Fernanda Bayma, presidente da Comissão da Liberdade Religiosa da seccional da OAB.

O superintendente regional do Sesi, Diogo Diniz, afirma que o direito à liberdade de crença é bem amparado pelas leis, devido à sua importância para toda a sociedade.

“O debate em torno da tolerância diz respeito a um dos elementos importantes da convivência democrática. Vivemos um mundo cada vez mais plural e, ante tal cenário, o respeito às opiniões, cultura, religião e todas as demais liberdades constitucionalmente protegidas é fundamental e prestigia a Carta Magna vigente em nosso país””, destacou Diniz.

 A Constituição Federal Brasileira estipula em seu artigo 5º, inciso VI que “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

Para Diogo Diniz violações à liberdade de crença estão conectadas às violações de outros direitos humanos.

“Abordar tolerância, liberdade religiosa, respeito ao outro é importante em qualquer ambiente social e tal conteúdo ganha ainda mais relevância quando trabalhado em sala de aula, dentro das escolas e com projeção às famílias e grupos nos quais as crianças e jovens estão inseridos. Para que haja a solidariedade orgânica que dá unicidade a uma sociedade, a tolerância e o respeito ao outro permitem a consolidação de uma sociedade cidadã, plural, livre e igualitária, como preveem os artigos 1º e 5º da Constituição Federal”, disse o superintendente do Sesi.

No instagram oficial da Comissão (@com.liberdade.religiosa2021) estão sendo veiculados vídeos informativos sobre maneiras de cultivar a tolerância, por meio do ensino ao respeito, à diversidade e à multiplicidade de religiões.  

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação