Simone Tebet acha que tem vermelho demais na campanha de Lula e isto assusta os brasileiros

146

GIRO ECONÔMICO

Vermelho demais assusta brasileiros

Apoiadora de Lula (PT) no segundo turno a candidata do MDB, Sumone Tebet, que ficou na terceira colocação, não parece estar confortável na campanha petista. Ele teria reclamado que há vermelho demais nos eventos do petista, e que isto, segundo ele, assusta os brasileiros.

A informação é da colunista Monica Bergamo, da Folha de São Paulo, que revelou ter a senadora opinada nestas mensagens que “alguém tem que colocar juízo na campanha do Lula”.

Tebet entende que há erros a serem corrigidos e um ponto importante seria “tirar o vermelho da rua”, porque imagens assim podem assustar eleitores no interior de São Paulo e em estados das regiões Centro-Oeste, Sul e Norte.

Simone Tebet também quer que a campanha de Lula prepare, com urgência, “grandes eventos voltados para as mulheres”. A senadora entende que a campanha de Jair Bolsonaro (PL) já está trabalhando nessa direção, tendo a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e a senadores eleita Damares Alves à frente dos encontros.

CDL realiza Varejo SLZ

A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) vai realizar no próximo dia 15 de outubro, das 8h30 às 19h30, no Multicenter Negócios e Eventos (Cohafuma), o Varejo SLZ, evento direcionado a empresas e empreendedores dos segmentos de comércio e serviços, com palestras sobre temas como marketplace, e-commerce e inovações no atendimento ao cliente. Segundo o presidente da CDL São Luís, Fábio Ribeiro, o conteúdo atende à demanda dos empresários locais.

A programação traz a São Luís os CEOs da Americanas, Weidrian Brito e Mariana Beseggio, analistas de Marketplace; Daniel Gentil, sócio do grupo O Boticário, Felipe Ladeira, sócio diretor da Quadrante, Guilherme Bastos, founder da Ray e André Matcin, economista sênior do Itaú. Eles vão abordar temas como vendas no varejo 2022, visão de futuro para o seu negócio, meios on e off no varejo e inteligência em dados, entre outros.

Lojas do Mateus

O Grupo Mateus vendeu, quarta-feira (05), ao fundo imobiliário TRXF11 três lojas do Grupo Mateus numa operação de “sale and leaseback”, transação relativamente pequena, mas que abre portas para outras operações maiores com a companhia.

Não significa dizer que a empresa se desfez dessas lojas, houve apenas venda do imobiliário, que passa a ser locado pelo comprador ao vendedor, ou seja, transação para aumentar a liquidez do vendedor. O mesmo procedimento foi adotado pelo Pão de Açúcar.

Seminário de Panificação

O Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de São Luís (Sindipan) foi um dos parceiros do Seminário Digital de Capacitação Técnica e Realização de Negócios ABIP Pelo Brasil – edição Maranhão e Piauí.

O evento foi realizado 100% online e gratuito, e abordou pontos cruciais para o sucesso de um dos setores que mais contribuem com a economia no Brasil: panificação.   A programação englobou maratona de aulas práticas, palestras e dicas com especialistas renomados nesta área industrial.

A gerente da unidade do Serviço Nacional Aprendizagem Comercial (Senac) no município de Caxias, Rosilene Bonfim (C), com representantes da Prefeitura Municipal, no lançamento do programa de educação profissional para jovens, adultos e idosos

Luto na advocacia

A advocacia maranhense está enlutada com o falecimento nesta segunda-feira (10) do advogado, professor, escritor e cronista João Batista, que por muitos anos foi diretor da Escola Superior de Advocacia (ESA), órgão vinculado à seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA).

Ele estava há mais de um ano em coma, enfrentando a doença degenerativa ELA.

Ferrovias concedidas

Após um ano da elaboração do marco legal das ferrovias, os pedidos de novas ferrovias somam 89, sendo que 81 foram protocolados no Ministério da Infraestrutura durante a vigência da Medida Provisória 1065/2021 e os demais na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), sob a regência da Lei 14.273/2022.

Os requerimentos foram apresentados por 39 proponentes e somam 22.442 quilômetros de novos trilhos em todas as regiões do país. A projeção é de que haja investimento de cerca de R$ 258 bilhões.

Turismo na Raposa

O Serviço Social do Comércio no Maranhão (Sesc-MA), em parceria com o Departamento Nacional do órgão, realizou dia 05 de outubro, a Oficina de Criação do Projeto Aceleração de Rotas Turísticas Sociais com foco na região de Raposa, na Ilha de São Luís.

A iniciativa constitui-se em consultoria técnica para ações de inovação no turismo regional. O objetivo é criar um roteiro de vivências comunitárias que será posteriormente comercializado, ficando disponível uma nova rota turística na Ilha de São Luís.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui