Só no último minuto, Palmeiras garante uma vitória que parecia fácil

0
187

Palmeiras vence Universitario no Peru na estreia da Libertadores

O Palmeiras, enfim, quebrou uma sequência negativa na temporada 2021. O time de Palestra Itália parecia que ia ter vitória fácil, mas sofreu para vencer o Universitario, no Peru, por 3 a 2, com direito a gol no último minuto da partida. O duelo foi válido pela primeira rodada da Fase de Grupos da Copa Libertadores da América.

Com o resultado, o Palmeiras inicia sua trajetória no torneio como atual campeão na liderança do Grupo A, com três pontos, contra um de Defensa y Justicia e Independiente del Valle, que ficaram no empate por 1 a 1, no Equador, nesta quarta-feira. O Universitario é o lanterna.

Pressionado pelos maus resultados, o técnico Abel Ferreira apostou em uma formação com três zagueiros e um meio de campo recheado com jogadores das categorias de base, tendo nomes consagrados, a exemplo de Felipe Melo, no banco de reservas. Com isso, o Palmeiras conseguiu envolver o Universitario e abrir o placar aos 19 minutos. Após cobrança de escanteio, Alan Empereur desviou e Danilo levou a melhor em cima do defensor para empurrar a bola no fundo das redes.

O domínio era amplo do Palmeiras, que teve mais duas oportunidades de marcar. Na primeira, Luan apareceu sozinho dentro da área, após cobrança de falta, e cabeceou firme para defesa de Carvallo. O defensor ainda teve uma nova tentativa de marcar, mas a bola carimbou o travessão, no último lance da etapa inicial.

No segundo tempo, o Palmeiras continuou em cima e precisou de apenas seis minutos para ampliar. Luan deu belo passe para Rony na esquerda. Ele avançou e cruzou rasteiro para Raphael Veiga mandar de primeira para o gol. No entanto, o time de Palestra Itália conseguiu colocar tudo a perder.

Aos 18 minutos, Alan Empereur parou o contra-ataque do Universitario e acabou expulso. Na cobrança de falta, Gutierrez subiu no ‘segundo andar’ para, de cabeça, diminuir. A situação ainda piorou aos 21, com o árbitro marcando pênalti após a bola bater no braço de Danilo. O mesmo Gutiérrez foi para a cobrança e deixou tudo igual.

Quando tudo indicava que o jogo terminaria empatado, o Palmeiras resolveu ir com tudo para cima. Aos 48 minutos, Luan cruzou, Alonso desviou para o próprio gol e a bola ficou no travessão. No lance seguinte, o último do jogo, Scarpa cobrou escanteio na cabeça de Renan, que desviou para o fundo das redes.

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Independiente del Valle na terça-feira, as 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). O Universitario enfrenta o Defensa y Justicia na quarta, às 19h, no Norberto Tomaghello, em Buenos Aires.

(Da FPF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação