STF nega que Alexandre de Moraes tenha proibido presidente Jair Bolsonaro de decretar intervenção militar

0
134

Suprema Corte pede que cidadãos não propaguem fake News 

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira (13) que o ministro Alexandre de Moraes, ao contrário do que circula nas redes sociais,  não proibiu o presidente Jair Bolsonaro de decretar intervenção militar. Segundo o STF, “cidadãos devem checar informações suspeitas, como forma de se evitar a propagação de fake news”.

De acordo com a nota, o ministro não assinou o documento que está sendo exibido nas postagens. “Trata-se de mais uma montagem grotesca”, garante.

Eis o teor da nota:

É inverídico conteúdo que tem circulado nos últimos dias, nas redes sociais, a respeito de decisão atribuída ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a qual o presidente da República, Jair Bolsonaro, estaria impedido de decretar intervenção militar no país, entre outras medidas semelhantes.

O Supremo Tribunal Federal esclarece que não se trata de documento redigido ou assinado pelo ministro e que o conteúdo é totalmente inverídico. Trata-se de mais uma montagem grotesca, que utiliza o padrão visual dos sistemas de acompanhamento processual do STF com o intuito de disseminar informações falsas.

O STF reitera o alerta para a importância da checagem de informações suspeitas, como forma de evitar a propagação de fake news com o nome de autoridades e membros da Suprema Corte.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação