Superintendente de Fiscalização da Antaq inspeciona em São Luís instalações portuárias

0
277
Gabriela, durante visita a controle de operações de terminal portuário de São Luís (Antaq/divulgação)

Gabriela Costa e equipe conferiram o andamento das obras de ampliação dos terminais de granéis no Itaqui

A superintendente de Fiscalização e Coordenação das Unidades Regionais da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Gabriela Costa, visitou, de segunda (16) a quarta-feira (18) da semana passada, a Unidade Regional de São Luís (URESL) e o Complexo Portuário de São Luís, formado pelos terminais de uso privado de Ponta da Madeira (Vale) e do Consórcio Alumar e pelo Porto Público do Itaqui.

Os especialistas realizaram visitas e reuniões técnicas com as diretorias de operações portuárias dos TUPs, da autoridade portuária do Itaqui (Emap) e dos terminais arrendados do porto público: Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram); Companhia Operadora Portuária do Itaqui (Copi); Granel Química e Terminal Químico de Aratu (Tequimar).

Na ocasião, ela tratou de temas relacionados aos terminais de granéis, que tiveram a prorrogação antecipada de seus contratos de arrendamento mediante a realização de novos investimentos. Gabriela Costa e equipe puderam ampliar o conhecimento mercadológico e técnico das operações dos terminais, além de aferirem in loco o andamento das obras de ampliação dos terminais.

Na reunião com a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), a diretoria da autoridade portuária apresentou números e projetos promissores referentes à modernização e crescimento das operações do porto. Entre outros assuntos tratados, conversaram sobre o gerenciamento do canal de acesso ao complexo portuário que envolve a Vale, a Emap e a Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA).

Por fim, a equipe da SFC reuniu-se com os servidores da URESL, onde conheceu os novos servidores e tratou de temas relevantes para o trabalho da de fiscalização da Agência, como a nova metodologia da Fiscalização Responsiva e aspectos estratégicos das ações fiscalizatórias.

Na oportunidade, o chefe da URESL, Marcelo Carvalho, comentou sobre a visita: “É sempre muito bom receber os colegas da SFC de Brasília, pois podemos apresentar as especificidades dos nossos regulados e compartilhar as alternativas de soluções para nossas dificuldades”.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação