Terceira testagem em Bolsonaro confirma que ainda está infectado por covid-19

0
150
(Florianópolis - SC, 04/07/2020) Presidente da República, Jair Bolsonaroo durante encontro de trabalho. Foto: Isac Nóbrega/PR

O novo exame do presidente Jair Bolsonaro, divulgado nesta quarta-feira (22), feito para verificar se ele ainda está com covid-19, teve resultado positivo. “O presidente Jair Bolsonaro segue em boa evolução de saúde, sendo acompanhado pela equipe médica da Presidência da República”, informou em nota a Secretaria Especial de Comunicação Social.

Bolsonaro tem 65 anos e está em tratamento desde o último dia 7, quando teve o diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Desde então, ele segue em isolamento no Palácio da Alvorada, onde tem se reunido com ministros por videoconferência. Na semana passada, ele chegou a fazer um novo teste, que ainda detectou a presença ativa do vírus.

Na quarta-feira (15), em uma transmissão nas redes sociais, o presidente anunciou que um segundo teste acusou que ainda estava contaminado. “Nos próximos dias, eu faça um novo exame e, se Deus quiser, dê tudo certo para a gente voltar logo à atividade”, afirmou o presidente, momentos antes de participar do arriamento da bandeira, no gramado do Palácio da Alvorada. 

Bolsonaro falou sobre os sintomas que teve e voltou a dizer que tem tomado a hidroxicloroquina para o tratamento da covid-19. O medicamento não tem eficácia científica comprovada contra a covid-19 e seu uso por  pacientes no tratamento da doença gera controvérsias entre médicos.

“Quero dizer a todos vocês que, graças a Deus, estou muito bem. Fui medicado desde o início com a hidroxicloroquina, com a recomendação médica para isso. Senti melhora no dia seguinte. Não tive nenhum sintoma forte. Uma febre pequena, na segunda-feira retrasada, 38 graus, um pouco de cansaço, umas dores musculares, e no resto tudo bem. Coincidência ou não, sabemos que não tem nenhuma comprovação científica, mas deu certo comigo”, afirmou. 

“Não existe nenhum medicamento no mundo que tem comprovação científica constatada. Não to fazendo nenhuma campanha por medicamento. Eu não recomendo nada, eu recomendo que você procure seu médico e converse com ele”, acrescentou Bolsonaro, que disse ainda que a hidroxicloroquina foi receitada a ele por um médico. Desde que teve a infecção pelo novo coronavírus confirmada, ele está sendo acompanhado pela equipe médica da Presidência da República.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação