Transações de usados têm leve retração no mês de setembro, segundo a Fenabrave

98

Vendas diárias foram superiores às de agosto

De acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), em setembro, 1.240.745 veículos trocaram de titularidade, o que representou retração de 5,7% em relação a agosto e queda de 6% sobre setembro de 2021, ano de recorde nas transações de usados. Vale ressaltar que setembro deste ano teve dois dias úteis a menos do que agosto, influenciando no resultado geral das transações comerciais.

“Apesar da baixa sobre o mês passado, é importante destacar que as transações, por dias úteis, tiveram alta sobre agosto, mês que teve o maior volume do ano, até o momento”, diz Andreta Jr., presidente da Fenabrave, lembrando que a recuperação diária nos emplacamentos de novos, que o Setor vem registrando, atualmente, favorece as transações de usados, já que muitos destes veículos são dados como forma de pagamento na compra de um 0km.

Desempenho por segmento – As transações de automóveis e comerciais leves tiveram a menor retração de todo o Setor, com queda de 3,7% sobre agosto e um volume, de janeiro a setembro, de mais de 7,1 milhões de unidades. Os modelos com até 3 anos de fabricação corresponderam a 16,9% do total transacionado no mês. No acumulado do ano, a participação desses veículos foi de 11,8%.

O segmento de caminhões acumulou 30.406 unidades, numa queda de 11,2% ante o mês anterior. Os implementos rodoviários, após registrarem alta de 18% em agosto, retraíram 11,9% em setembro.

Os ônibus tiveram retração de 14,6% sobre agosto, somando 3.952 unidades e se mantendo com resultado positivo no ano (+6,4%).

O mercado de motocicletas usadas teve baixa de 11,5%. No ano, o segmento já acumula 2.221.182 unidades transacionadas.

Acompanhe o desempenho de cada segmento, em seus volumes e percentuais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui