Transações de veículos usados crescem 18,5% em maio, segundo a Fenabrave

0
70

Foram comercializados 1.326.057 veículos usados 

No mês de maio, as transações de veículos usados, considerando todos os segmentos automotivos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), totalizaram 1.326.057 unidades, registrando alta de 18,50% sobre as 1.119.047 unidades comercializadas em abril. Os dados foram divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Na comparação com maio de 2020, quando 440.147 veículos foram transacionados, houve crescimento de 201,28%. No acumulado de janeiro a maio de 2021, foram negociadas 6.032.061 unidades, alta de 60,37% sobre o mesmo período de 2020, que somou 3.761.338 veículos usados comercializados no país.

“A diferença significativa sobre o ano passado coincide com a fase mais aguda da pandemia, quando o comércio estava, praticamente, fechado. Além disso, como as vendas de veículos novos estão limitadas à capacidade de produção das montadoras, que ainda enfrentam problemas, o mercado de usados continua aquecido, tanto nas transações em que esses veículos são oferecidos na troca por um zero km, quanto nas negociações entre usados”, explica Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave.

Automóveis e comerciais leves – Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, as transações, em maio, somaram 976.129 unidades, 18,87% acima dos 821.158 veículos comercializados em abril.

Já em relação às 318.150 unidades vendidas em maio do ano passado, houve crescimento de 206,81%, e este percentual se deve às mesmas razões já apontadas acima, pelo Presidente da Fenabrave.

No acumulado de janeiro a maio deste ano, as vendas dos dois segmentos, somados, chegaram a 4.458.299 unidades, numa alta de 59,20% sobre as 2.800.390, de igual período de 2020.

Os modelos com até 3 anos de fabricação representaram 11,41% do volume comercializado em maio, e 10,30% do total de automóveis e comerciais leves comercializado no ano.

Confira os números sobre as transações de maio:

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui