Três partidas movimentam o Campeonato Paulista neste sábado

0
524

Três partidas dão sequência à sexta rodada do Paulistão neste sábado (09). Líderes do Grupo A e D respectivamente, Santos e São Paulo enfrentam Mirassol e Ponte Preta. Sonhando com posições melhores dentro das mesmas chaves, São Caetano e Oeste jogam no ABC Paulista.

  • Santos x Mirassol – Líder isolado do Grupo A e dono da melhor campanha geral, o Santos vem de uma goleada histórica sofrida pelo Ituano por 5 a 1, mas se recuperou ao vencer o Altos-PI por 7 a 1 e avançar na Copa do Brasil. O técnico Jorge Sampaoli pode poupar jogadores neste confronto já que na terça-feira, no Uruguai, o time da Vila Belmiro estreia pela Copa Sul Americana diante do River Plate.
    Lanterna do Grupo C com cinco pontos, o Mirassol não vence há três jogos e se preocupa em duas frentes. Próximo das piores equipes da competição, o clube mantém o sonho de se classificar à fase seguinte, já que tem apenas três pontos atrás do líder Bragantino. Sem desfalques, Moisés Egert deve manter a base que vem atuando.
  • São Caetano x Oeste – Quarto colocado do Grupo A com três pontos, o São Caetano ainda não venceu na competição e vive situação delicada, já que tem uma das piores campanhas na classificação geral. Mesmo assim, cinco pontos atrás do segundo colocado Red Bull, o clube pode sonhar com uma vaga em caso de vitória em casa nesta rodada. Pintado não tem suspensos para escalar o time.
    Terceiro colocado do Grupo D com seis pontos, o Oeste está em chave bastante embolada. Apenas três pontos o separam do líder São Paulo, enquanto está dois pontos acima do lanterna Botafogo. Sem vencer há dois jogos, o time vem de um empate por 2 a 2 com o Novorizontino, após estar vencendo por 2 a 0 e, por suspensão, não tem desfalque.
  • Ponte Preta x São Paulo – Embora lidere o Grupo D do Paulistão com nove pontos, o São Paulo vive momento delicado na temporada. Após a derrota por 2 a 0 para o Talleres, pela primeira fase da Libertadores, na Argentina, o time comandado por André Jardine precisa reverter este resultado adverso para seguir na competição internacional. Por isso, o treinador pode poupar o time titular.
    Com cinco pontos, a Ponte Preta vive disputa direta com o Red Bull pelo segundo lugar do Grupo A e, após ser derrotado pelo Bragantino, demitiu o técnico Mazola Júnior e anunciar Jorginho para o seu lugar. Sem desfalques, João Paulo Sanches, técnico interino, deve manter a equipe base que vem atuando.(Com informações do FPF)
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação