TSE nega que urnas estejam programadas para o Horário de Verão

0
593

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desmentiu  a informação que circula no Whatsapp e nas redes sociais de que as urnas eletrônicas estariam programadas para adotar o horário de verão no segundo turno das eleições, o que provocaria a anulação dos votos digitados a partir das 16h. A mudança do horário de verão só valerá a partir de 4 de novembro, ou seja, após a eleição.

Segundo o TSE, para que a alteração fosse feita depois do pleito foi firmado um acordo com o Palácio do Planalto em dezembro do ano passado.”As urnas não estão programadas para entrar no horário de verão antecipadamente, mas sim, para funcionar no horário oficial”, garante o Tribunal.

No próximo domingo (28) a votação ocorrerá normalmente entre 08h e 17h, pelo horário de Brasília, independentemente de fuso horário. Eis a explicação do TSE:

Esclarecimento

Por solicitação do TSE, o início do horário de verão foi alterado para depois do 2º turno das Eleições 2018. Portanto, as urnas estarão preparadas para funcionar no mesmo horário que funcionaram no 1º turno.

O Código Eleitoral determina o dia e a hora em que devem ocorrer as eleições ordinárias: o primeiro turno deve ser das 8h às 17h do primeiro domingo do mês de outubro; o segundo turno, no mesmo horário do último domingo do mesmo mês.

Ocorre que, devido aos quatro fusos horários observados no país, a votação não se inicia nem se encerra de modo concomitante em todo o território nacional, e o horário de verão contribui para agravar essa situação.

Adotado em 10 estados e no Distrito Federal, o horário de verão foi adiado em 2018 para o início de novembro, ou seja, só começará após as eleições.

Como não haverá nenhuma mudança no final de semana dos dias 27 e 28 de outubro, os eleitores poderão votar no horário normal. As urnas não estão programadas para entrar no horário de verão antecipadamente, mas sim, para funcionar no horário oficial.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação