Alta estação turística terá R$ 500 milhões para investimento pelo Banco do Nordeste

0
189
Alagoas é um dos destinos mais procurados pelos turistas do Centro-Oeste. Crédito Marco Ankosqui/MTur

Recursos são dos fundos FNE e Fungetur 

Negócios relacionados à cadeia produtiva do turismo na área de atuação do Banco do Nordeste (BNB) têm mais de R$ 500 milhões disponíveis para fomentar suas atividades e se prepararem para a alta estação. Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) e podem ser usados para construção, reforma ou ampliação de equipamentos turísticos, aquisição de bens ou mesmo para capital de giro.

Até o final de maio, o Banco do Nordeste já havia liberado R$ 304 milhões em toda sua área de atuação. No Ceará, onde o turismo é forte gerador de empregos, foram contratados R$ 46 milhões nos cinco primeiros meses do ano.

Para o presidente do BNB, José Gomes da Costa, todos os estados atendidos pelo Banco possuem áreas com vocação turística.

“O BNB quer apoiar as famílias e os empreendedores desse setor, sobretudo nesse momento de retomada. Nós acreditamos que, de forma responsável, pode-se utilizar nossas características naturais para gerar desenvolvimento com o turismo de praias, serras e sertão”, afirma.

Hospedagens querem investir – De acordo com pesquisa do Ministério do Turismo, realizada entre março e abril deste ano, 68,8% dos meios de hospedagem no Nordeste querem fazer novos investimentos nos próximos seis meses.

A região liderou a intenção de reforçar seus negócios turísticos. Depois vieram Norte (64,7%), Centro-Oeste (57,1%), Sul (50%) e Sudeste (40,2%).

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação